Londrina x Remo – Em seu habitat, Tubarão tenta frear avanço do Leão Azul


Londrina, PR, 22 (AFI) – Londrina e Remo abrem a 14ª rodada do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira, às 16 horas, no Estádio do Café. Embalado pelos últimos jogos, o Leão Azul enfrenta um Tubarão que, mesmo em seu habitat, está longe de ser predador.

O Londrina é o lanterna (20°) com nove pontos. O time, porém, não se encontra sozinho. O 16° colocado é o Brasil de Pelotas com 11. Ou seja, uma vitória deixa o Tubarão dormir fora da zona de rebaixamento. O Remo está em 11° com 16 pontos e procura, mais do que nunca, somar pontos para encostar no G4. Até o momento, são sete de distância.

NARRAÇÃO DA VACINAÇÃO VIRALIZA NA INTERNET

PRESA FÁCIL, MESMO EM CASA

Em casa, espera-se que os mandantes tenham um bom aproveitamento. O Londrina, porém, não venceu uma sequer no Estádio do Café em sete jogos. Foram quatro derrotas e três empates.

Para piorar, o Remo está em ótima fase. Ganhou os últimos três jogos e foi derrotado apenas uma vez, desde a chegada de Felipe Conceição. Curiosamente, na estreia contra o Vila Nova por 1 a 0. O comandante quase ficou de fora contra o Londrina, mas conseguiu efeito suspensivo e estará presente.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Márcio Fernandes tem boas e más notícias. Os recém-contratados Gegê e Lucas Lourenço já foram regularizados e podem atuar, mas na defesa há desfalques. Lucas Costa e Luiz Henrique receberam o terceiro cartão amarelo no empate com o Confiança, no último jogo, e estão suspensos.

A não ser que promova as estreias, o treinador só deve mexer nas posições dos ausentes. Felipe Vieira é o reserva imediato na lateral-esquerda. Augusto é o principal nome para assumir o miolo da zaga, enquanto Zé Pedro e Gabriel Furtado correm por fora.

Confira os atletas relacionados para o jogo diante do Remo
Foto: Ricardo Chicarelli/ Londrina EC

Felipe Conceição tem três desfalques contra o Londrina. Apenas um, porém, foi titular na vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro na última rodada: o volante Lucas Siqueira. Ele sofreu uma lesão na coxa e se junta a Jefferson (tornozelo) e Fredson (pubalgia).

O treinador, então, deve promover apenas uma mudança no time titular. Para a vaga de Lucas, Marcos Júnior e Arthur são os nomes cotados. O primeiro foi o substituto contra o Cruzeiro e o outro, rendeu nas últimas partidas, quando saiu do banco.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior