Luana Piovani reage após caso de DJ Ivis: ‘Quando fui agredida não tinha campanha’



 A atriz Luana Piovani usou as redes sociais para falar sobre a repercussão do caso de DJ Ivis, que apareceu agredindo fisicamente a ex-mulher Pamella Holanda. Na oportunidade, ela comemorou a evolução das mulheres, que estão acolhendo outras que passam por situações de agressão.

Em seguida, ela ainda relembrou o caso de quando foi agredida pelo ex-companheiro Dado Dolabella: “Fico feliz em ver as mulheres se unindo e denunciando, pois quando eu fui agredida não tinha campanha, nem insta. O agressor, 6 meses depois, ganhou um reality e as mulheres diziam “vem bater em mim”. As mulheres já me envergonharam e pioraram minha situação imensamente. Suspiro aliviada em ver que uma mudança está acontecendo”.

A declaração da artista foi compartilhada em alguns perfis de fofoca e muitos internautas concordaram com sua declaração. “Realmente, não houve sororidade, pois muitos não gostam dela. Mas foi um erro sim”, escreveu um seguidor. “Ainda bem que estamos mudando ano após ano. Não aceitamos mais certas coisas. Não vamos nos calar”, complementou outro.

Veja:





Fonte: iBahia