Mesmo após saída amigável, ex-atacante do Flamengo cobra ‘bolada’ do Sport na Justiça


Recife, PE, 19 (AFI) – Apesar de ter tido uma despedida amigável com direito a postagem de agradecimento no dia em que se confirmou a saída após quase três anos no clube, o atacante Hernane Brocador entrou na Justiça do Trabalho contra o Sport, cobrando R$ 2.460.920,00, referentes a FGTS e indenização por rescisão antecipada de contrato.

Sem espaço desde o começo da temporada, o centoavante acabou deixando a Ilha do Retiro há duas semanas, quando acertou sua transferência para o Confiança-SE onde esta jogando a Série B. E, só então, entrou na Justiça contra o ex-clube. Por enquanto, até a noite desta segunda-feira, o Sport ainda não foi notificado da ação.

Ao todo, desde que chegou no Sport em 2018, o atacante fez 99 partidas e marcou 32 gols. Como o clube vinha enfrentando alguns problemas financeiros durante esses anos, Brocador chegou a aceitar duas reduções salariais e repactuação de dívidas para seguir na Ilha do Retiro. A primeira após o rebaixamento para Série B em 2019 e depois na temporada passada.

Apesar de todo esse respeito pelo clube, ele preferiu entrar na Justiça do Trabalho para cobrar alguns números que ficaram para trás. Desde a chegada de Jair Ventura, Hernane vinha treinando separado dos demais companheiros de elenco e mesmo com uma renovação prevista em contrato, deixou a equipe no final de julho.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior