Moto Club-MA 1 x 0 Palmas-TO – Rubro-Negro vence primeira em casa e cola no G4


São Luís, MA, 17 (AFI) – Moto Club e Palmas jogaram neste sábado pela sétima e última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro Série D. Melhor para os maranhenses, que venceram por 1 a 0 em partida realizada no Estádio Nhozinho Santos, em São Luís (MA).

O Moto Club venceu com gol de Ted Love, no fim da segunda etapa, de pênalti. Esta foi a primeira vitória do Papão jogando em seus domínios.

CLASSIFICAÇÃO

Com a vitória, o rubro-negro maranhense foi aos seus nove pontos, mas permanece fora da zona de classificação, em quinto lugar, abaixo do Paragominas, que também tem nove, mas ainda joga. Já o Palmas segue em oitavo e último lugar com quatro pontos.

O JOGO

Com a condição de mandante e disposto a cravar sua primeira vitória em casa, o Moto partiu para cima dos visitantes logo de início. Com bolas esticadas para as pontas, aproveitando a posição de Walace Lima e Wender, o Papão quase abre o marcador em uma dessas jogadas.

Aos nove minutos, após um lançamento, Negueba controla, avança pela esquerda em velocidade, chuta forte, mas o Matheus Silva encaixa firme. Pouco depois foi a vez de Wallace Lima achar Everton pela direita. Ele entra chutando forte e novamente o goleiro intercepta.

SEGUNDO TEMPO

Aos poucos o Palmas foi equilibrando a partida e o jogo passou a ser mais cadenciado. Perto da primeira metada da etapa inicial, Elenilson lança Bruninho pela direita. Ele chuta, mas o goleiro da casa estava atento. Sem muitas jogadas de fundo, veio a segunda etapa.

Com os times iguais e mudanças ao longo do jogo, naa volta, o Moto reiniciou a pressão, mas o jogo teve queda de rendimento técnico. Só aos 38, após uma série de erros na área e bate-rebate, Felipe Cruz tenta um drible, mas é derrubado e o árbitro marca pênalti. Ted Love bate e faz o único gol do jogo.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times volta a se reencontrar na oitava rodada. Desta vez se enfrentam no Estádio Nilton Santos, em Palmas (TO), no próximo sábado, às 15h.


Fonte: Futebol Interior