Motorista de Ivis revela sensação ao ver agressões e fala que chegou a chamar a polícia



Charles Barbosa de Oliveira, motorista de DJ Ivis, decidiu falar após a notícia da prisão do artista. Em entrevista ao portal UOL, ele revelou que chegou a presenciar algumas agressões do artista contra Pamella Holanda e até mesmo, em algumas situações, chamou a polícia.

 “Eu travei. Fiquei parado sem acreditar no que estava acontecendo. Só na hora que as coisas acontecem sabemos o que se passa. Não sabia o que fazer. Em algumas confusões eu chamei a polícia. Nunca resolveram nada. Ele (DJ Ivis) mandava voltar e os policiais diziam que era uma briga de casal”, contou.

O profissional, que também é amigo do agressor, reforçou que não pretende justificar as ações de Ivis e ainda afirmou que está sendo criticado por não ter interferido durante as agressões que presenciou.

“Foi uma novidade para mim. Nunca participei de uma briga entre marido e mulher. Fiquei abismado com a situação. Em uma das brigas estava dormindo e acordei assustado. Não fazia ideia do que estava acontecendo”.

Charles relatou que parte das brigas envolviam ciúmes e que o cantor esperava a prisão após acompanhar o noticiário e a repercussão do caso.





Fonte: iBahia