Olimpíada: Ítalo Ferreira é campeão no surfe e conquista primeiro ouro do Brasil em Tóquio



Ítalo é ouro no Japão! O surfista brasileiro fez história nesta terça-feira e se tornou o primeiro medalhista de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio ao vencer o japonês Kanoa Igarashi na decisão do surfe, na madrugada desta terça-feira. Com isso, o surfista também é o 31º atleta brasileiro a ficar no lugar mais alto do pódio pelo país na história olímpica.

O brasileiro fechou o placar com margem de segurança. Garantiu o ouro em 15.14 contra 6.60 de Igarashi.

A final começou com requintes de crueldade. Com menos de um minuto, a prancha do brasileiro quebrou. Foi amparado pela equipe técnica, que trocou o equipamento e voltou ao mar para voar para o ouro.

Ítalo foi ovacionado, ao ser recebido na areia da praia de Tsurigasaki. Muito emocionado, atleta relembrou trajetória que começou com uma prancha de isopor em Baía Formosa, no Rio Grande do Norte, e se consagrou, no Japão, com o primeiro ouro olímpico no surfe.

Mas nem tudo foi flores nesta madrugada. Gabriel Medina foi eliminado na semifinal do surfe nos Jogos Olímpicos. Nesta terça-feira, o brasileiro foi batido pelo japonês Kanoa Igarashi, que conseguiu nota 17 contra 16.76. Porém, a eliminatória está gerando polêmica devido a nota decisiva recebida pelo adversário, que definiu a eliminação do brasileiro já no final da bateria.

O sonho de ser o primeiro medalhista de ouro no surfe coroaria a grande fase do principal nome do esporte na atualidade. Medina só não contava com Kanoa Igarashi no meio do caminho. O japonês surpreendeu o favorito e se classificou para a decisão da medalha de ouro com nota 17. Com 16.76, o brasileiro ainda teve chance de disputar o bronze. Mas o paulista acabou derrotado por 11.97 a 11.77 pelo australiano Owen Wirght, despedindo-se dos Jogos sem medalha.





Fonte: iBahia