Olimpíada: veja o caminho e as adversárias de Mayra Aguiar na busca pela medalha de bronze



Mayra Aguiar deu adeus à briga pelo ouro nas Olimpíadas de Tóquio. A judoca gaúcha perdeu por wazari no Golden Score diante da alemã Anna-Maria Wagner, atual campeã mundial, mas venceu à repescagem na categoria até 78kg para sonhar com o bronze. Apesar da decepção, o caminho está definido e a brasileira é favorita na busca pela medalha. Confira o chaveamento!

Mayra Aguiar voltou ao tatame para a repescagem às 5h (de Brasília) diante de Aleksandr Babintseva (atual número 19 do mundo), do Comitê Olímpico Russo. No retrospecto entre elas, uma luta e uma vitória para a brasileira. O combate aconteceu em fevereiro do ano passado, nas oitavas de final do Grand Slam de Düsseldorf.

Como avançou, Mayra Aguiar enfrenta pelo bronze a perdedora entre a francesa Madelaine Malonga (atual número 1 do mundo) e a coreana Hyunji Yoon (número 23). O retrospecto diante da francesa é três lutas, com uma vitória e duas derrotas. Porém, nunca enfrentou a coreana.

As derrotas para Malonga foram na semifinal do Mundial de 2019, em Tóquio, e nas quatras de final do IJF em São Petersburgo. Mayra venceu nas quartas de final do Grand Prix de Tbilisi.

Mayra é a única esperança de medalha do judô brasileiro no dia. Na estreia, mais cedo e em apenas 40 segundos, Mayra venceu por ippon a israelense Inbar Lanir, sétima no Mundial de Budapeste e nona colocada no último Europeu. Outro judoca do país a ir ao tatame nesta quinta, Rafael Buzacarini caiu na estreia e foi eliminado.





Fonte: iBahia