Otávio Mesquita revela que teve síndrome de Burnout: ‘Não queria me separar’


Otávio Mesquita revelou em entrevista, divulgada nesta segunda-feira (05), que teve princípio de Burnout, também conhecido como uma síndrome de esgotamento ou exaustão. Foi nesse período que o apresentador, de 62 anos, se separou de Melissa Wilman. As informações são do site Quem.

“Tive um início de burnout. Estava muito tenso, cheio de problemas financeiros e no trabalho. Ficava nervoso, descontrolado, com o emocional abalado, discutia por tudo. Fiquei muito mal. Passei três dias internados e fiz tratamento por três meses. Tomava 12 remédios por dia. Mas fui muito bem cuidado por quatro médicos. Agora estou bem. Era como se o filtro estivesse sujo e precisasse ser limpo”, relembrou Otávio em entrevista à Revista Quem. 

Foto: Reprodução / Instagram 

Otávio comentou ainda que sempre aprendeu com o pai a levar a vida com bom humor e evitar conflitos. Ele contou que já conseguiu contornar brigas com amigos e até um assalto com o seu jeito divertido e leve.

“Levo a vida com bom humor. Tenho 62 anos de idade e nunca dei um tapa em alguém. Meu pai me ensinou que quando alguém tentasse me bater, que era para levantar as mãos para cima e pedir para a pessoa não fazer aquilo. Muitas vezes fiz isso numa discussão com amigos e evitei que algo pior acontecesse. Uma vez, durante um assalto, eu levantei a mão e falei: ‘cara, você me conhece, quero o seu bem. Deixa disso’. Ele guardou a arma e eu dei 200 reais e disse para ele ser feliz”, disse o apresentador durante entrevista à Revista Quem.

A união de Otávio e Melissa resultou no nascimento de Pietro. Otávio ainda tem outros dois filhos, John Mesquita e Luiz Otávio Mesquita, de relacionamentos anteriores. 





Fonte: iBahia