Panificação é interditada e 800 kg de carnes e laticínios estragados são apreendidos

Em mais uma operação de fiscalização, a Vigilância Sanitária de Maceió apreendeu, no domingo, 04, cerca de 800 kg de carnes e laticínios que não estavam em condições para consumo. Uma panificação, que descumpria normas sanitárias,  também foi interditada no Conjunto Village Campestre, parte alta de Maceió. Segundo dados repassados pela Visa, durante o fim…

Visa Maceió

Panificação é interditada

Em mais uma operação de fiscalização, a Vigilância Sanitária de Maceió apreendeu, no domingo, 04, cerca de 800 kg de carnes e laticínios que não estavam em condições para consumo. Uma panificação, que descumpria normas sanitárias,  também foi interditada no Conjunto Village Campestre, parte alta de Maceió.

Segundo dados repassados pela Visa, durante o fim de semana, diversos estabelecimentos, entre supermercados, padarias, etc, foram fiscalizados.

Ao todo, 500 kg de carnes suína, bovina e de frango e 300 kg de produtos de laticínios foram apreendidos em supermercados por não estarem apropriadas para consumo. Na panificação do Village Campestre, os fiscais identificaram que o local apresentava riscos à saúde pública e o interditou.

“Muitas panificações não têm respeito pela população e não existe nenhuma higienização no local onde é fabricado os pães. Nesses casos, interditamos somente os locais de fabricação dos pães, a parte de conveniência continua funcionando normalmente”, disse o coordenador-geral da Visa, Airton dos Santos.

Após a interdição, a panificação terá um prazo de 30 dias para se adequar às normas sanitárias e voltar com o funcionamento normal. Nos casos dos supermercados, foram retiradas as carnes que não estavam adequadas para o consumo e direcionadas para o descarte, que é feito no aterro sanitário.

Fonte: Alagoas24horas