Polícia procura foragidos da Justiça que solicitaram Auxílio Emergencial


A Polícia Civil de São Paulo está seguindo neste momento os passos de foragidos da Justiça que chegaram a solicitar o Auxílio Emergencial do Governo Federal. De acordo com as informações oficiais, os agentes deram para essa operação o nome de Operação Cara de Pau, em uma clara referência aos criminosos.

Segundo a Polícia, essa ação chegou no seu ponto alto ainda na última quinta-feira (29). Naquela data, os agentes conseguiram encontrar 14 foragidos da Justiça que tinham solicitado o Auxílio ainda no ano passado. Eles conseguiram chegar nesses criminosos depois de um cruzamento de dados da polícia com informações da Caixa Econômica Federal.

De acordo com a Delegada Ivaldo Aleixo, alguns desses criminosos não só solicitaram o beneficio como também chegaram a receber pelo menos algumas parcelas. Ela, no entanto, não deu detalhes sobre a quantidade de pessoas que chegaram a pegar o dinheiro e nem a quantia que o Governo Federal teria gasto com eles.

Ainda segundo informações da polícia, 11 outros foragidos que chegaram a solicitar o Auxílio Emergencial no ano passado ainda não foram encontrados. A Delegada Aleixo disse que a operação em questão vai seguir procurando essas pessoas tanto na Grande São Paulo como em cidades do interior. Eles não descartam outros estados também.

A grande maioria desses criminosos estavam na mira da polícia por uma série de crimes como tráfico de drogas, receptação, furto, roubo, crimes de trânsito e violência doméstica. Pelo menos essas são as informações dos policiais até aqui. Os agentes afirmaram que irão dar mais detalhes sobre esses casos em breve.

Auxílio indevido

Nas redes sociais, várias pessoas destacaram que tudo isso seria um absurdo. A dúvida em questão é como o Governo não estava conseguindo detectar que esses indivíduos que estavam pedindo pelo Auxílio eram foragidas da polícia.

Você Pode Gostar Também:

Obviamente de acordo com as regras do Governo, criminosos que estão cumprindo pena em regime fechado não podem receber o Auxílio Emergencial. Foragidos da Justiça, seja em qualquer situação, também não.

De acordo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria Geral da União (CGU) o Governo pagou bilhões de reais em repasses indevidos do Auxílio Emergencial no ano passado.

Fraudes

Até por isso, aliás,  a ordem dentro do Palácio do Planalto neste momento segue sendo evitar que esse cenário se repita este ano. Diante disso eles aumentaram a quantidade de análises nas contas dos mais de 37 milhões de usuários do programa.

De acordo com dados do próprio Ministério da Cidadania, cerca de 2 milhões de brasileiros perderam o Auxílio Emergencial entre os meses de abril e junho deste ano. Boa parte desses cidadãos sequer puderam contestar o resultado.

Recentemente o Governo Federal anunciou oficialmente a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses. Dessa forma, os apagamentos do programa seguirão até outubro. E os cancelamentos também. Pelo menos é isso que dá para dizer de acordo com as informações de bastidores.

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Notícias Concursos