Ponte Preta 1 x 2 Remo – Macaca vacila em casa e cai para vice-lanterna


Campinas, SP, 17 (AFI) – A Ponte Preta sofreu com o estilo de jogo ofensivo do Remo e perdeu por 2 a 1 neste sábado pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Mesmo jogando no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), o time da casa viu o adversário subir a marcação, roubar a posse de bola e ser efetivo nas finalizações. Além disso, sofreu com a noite inspirada de Felipe Gedoz, autor dos dois gols.

Com o resultado, a Ponte soma quatro jogos sem vencer e segue com nove pontos dentro da zona de rebaixamento, na 19ª e penúltima colocação. O Remo emplaca duas vitórias seguidas, e alcança 13 pontos, em 14º lugar.

REMO ABRE O PLACAR RÁPIDO

O Remo começou no ataque e acionando bastante Felipe Gedoz. Na primeira chance, em cobrança de falta, ele parou na barreira. Mas, aos 9 minutos, abriu o placar. Após Erick Flores roubar a bola, Felipe foi acionado na entrada da área e tocou com categoria, no cantinho, para vencer o goleiro.

Mesmo à frente do placar, o Remo seguiu buscando o gol e teve boa chance com Lucas Siqueira, livre na segunda trave, mas foi travado por Felipe Albuquerque, que se jogou na frente. A Ponte respondeu com grande perigo no final, quando Fessin completou cruzamento de cabeça e acertou a trave.

AMPLIOU NO SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, a Ponte teve jogada parecida em sua primeira chegada. Fessin cabeceou dentro da área, mas desta vez a bola bateu no defensor e foi para fora. Mais efetivo, o Remo ampliou a vantagem aos 22 minutos.

Após outra bola roubada, desta vez no meio-campo, Felipe Gedoz aproveitou e arrancou em velocidade. O camisa dez do time paraense invadiu a área e ainda limpou o goleiro Ivan antes de completar.

O Remo até balançou a rede novamente com Marcos Júnior, mas a arbitragem assinalou impedimento. Aos 35, o time paulista teve um pênalti a seu favor e diminuiu o placar.

PONTE DIMINUI

Dawhan cobrou com categoria no canto esquerdo e fez o gol apesar de o goleiro acertar o lado. Pouco depois, a Ponte Preta também teve gol anulado por impedimento marcado por João Veras e não conseguiu evitar a derrota.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, dia 20). Às 19h30, o Remo recebe o Cruzeiro no Estádio Baenão, em Belém (PA). Mais tarde, às 21h30, a Ponte Preta estará em Salvador (BA), onde encara o Vitória no Barradão.


Fonte: Futebol Interior