Prorrogação do Auxílio Emergencial 2021: Calendário para o Bolsa Família já está liberado


O Auxílio Emergencial 2021 será prorrogado pelo Governo Federal por mais três meses, sendo assim, a que seria a última parcela, que começará a ser paga agora em julho, contará com mais três parcelas, com encerramento em outubro.

Segundo Paulo Guedes, ministro da Economia, a decisão de prorrogar o programa por mais três meses, veio devido ao plano de vacinação do Ministério da Saúde, que prevê a imunização de toda população brasileira até o mês de outubro contra a Covid-19.

Desta forma, o Governo visa garantir os direitos a população atendida até que seja vacinada e liberada a voltar ao mercado de trabalho sem restrições. Com isso, a economia deve melhorar amenizar os impactos da crise.

Prorrogação não vai alterar regras

A nova extensão do auxílio emergencial não provocará mudanças nas regras do programa. Sendo assim, será destinada ao mesmo público que já vinha recebendo as parcelas anteriores, impossibilitando novas inscrições.

Além disso, os valores serão os mesmos, ou seja, a regra de pagamento permanecerá, sendo R$ 150 para os cidadãos que moram sozinhos, R$ 250 para famílias com dois ou mais membro e, R$ 375 para famílias monoparentais chefiadas por mulheres.

Você Pode Gostar Também:

Calendário de pagamentos com as novas parcelas

Embora o Governo já tenha oficializado a prorrogação do auxílio emergencial, o calendário com as novas parcelas ainda não foi divulgado. Essa observação se refere ao grupo geral, composto por cidadãos inscritos via site, aplicativo e CadÚnico.

Os benefícios do Bolsa Família que estão recebendo pelo auxílio, já podem conferir quando vai receber os valores da 5ª, 6ª e 7ª parcela, já o calendário deste grupo é o mesmo utilizado pelo programa social. Posto isso, veja as datas das novas parcelas do Bolsa Família:

Número final do NIS 5ª parcela 6ª parcela 7ª parcela
NIS 1 18 de agosto 17 de setembro 18 de outubro
NIS 2 19 de agosto 20 de setembro 19 de outubro
NIS 3 20 de agosto 21 de setembro 20 de outubro
NIS 4 23 de agosto 22 de setembro 21 de outubro
NIS 5 24 de agosto 23 de setembro 22 de outubro
NIS 6 25 de agosto 24 de setembro 25 de outubro
NIS 7 26 de agosto 27 de setembro 26 de outubro
NIS 8 27 de agosto 28 de setembro 27 de outubro
NIS 9 30 de agosto 29 de setembro 28 de outubro
NIS 0 31 de agosto 30 de setembro 29 de outubro

 

Veja também: Aumento do auxílio emergencial: Governo não pretende ceder à pressão

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Notícias Concursos