‘Salve-se Quem Puder’: em cena trágica, Helena mata Hugo no final da novela



 O desfecho de Hugo (Leopoldo Pacheco) não será dos melhores em Salve-se Quem Puder. Nas cenas que serão exibidas a partir da próxima terça-feira (13), o dono do jornal Página Paulista usará a própria mulher para atrair Luna/Fiona (Juliana Paiva) para uma armadilha.

A filha de Mário (Murilo Rosa) se mudará para a mansão acreditando que estará mais protegida, porém, na verdade, cairá nas garras do vilão. No entanto, o crápula será pego no flagra por Helena (Flávia Alessandra).

Após ser descoberto, o rapaz ficará irritado e prenderá a mãe e a filha. Nessa hora, Hugo apontará uma arma para a fisioterapeuta, mas Téo (Felipe Simas) aparecerá e irá impedi-lo de apertar o gatilho. “Acabou, pai. A polícia já está vindo”, anunciará o diretor de TV.

O irmão de Micaela (Sabrina Petraglia) correrá na direção do crápula para arrancar a ex-namorada de suas garras. “Não se aproxima, Téo. Munição não falta nessa arma”, gritará o antagonista.

A empresária aproveitará a discussão entre os dois para se soltar das amarras e se arrastar até o elevador. “Téo, não me faz perder a cabeça”, gritará Hugo.

 “Pai, por favor, deixa a Luna”, implorará o rapaz. Com sangue nos olhos, o empresário disparará contra um vidro para dar um susto herdeiro. “O próximo tiro vai ser nessa miserável que destruiu a minha vida”, dirá.

 “Não, não vai ser na Luna”, emendará Helena, que pegará um extintor de incêndio e baterá com toda força na cabeça do criminoso. Sem equilíbrio, ele acabará caindo do segundo andar. “Mãe, você está bem?”, questionará Téo, ao correr em sua direção. “Eu acho que matei o seu pai. Mas ele me obrigou. Eu não tive opção”, dirá a loira, desesperada.





Fonte: iBahia