São José-RS x Botafogo-SP – Diante do Zequinha, Pantera tenta se manter embalado para entrar no G4 da Série C


Porto Alegre, RS, 31 (AFI) – Embalado por três jogos sem derrota e uma vitória em um duelo direto contra o Ituano-SP na rodada passada por 2 a 1, o Botafogo-SP volta a campo neste domingo (01) focado em manter a boa fase para entrar de vez no G4 do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. Fora de casa, a Pantera visita o São José-RS, no Estádio Francisco Novelletto, em Porto Alegre (RS), às 16h.

Atualmente na quinta colocação, o time paulista aparece com 16 pontos ganhos. Em nove jogos são cinco vitórias, um empate e três derrotas. Diferente do adversário, os donos da casa que somam oito pontos, buscam a reabilitação para sair da zona de rebaixamento. Na rodada passada, o Zequinha perdeu um duelo gaúcho para o Ypiranga-RS, pelo placar de 2 a 1.

SÃO JOSÉ-RS
Na primeira partida do técnico Pingo à frente do São José em casa, a equipe terá um desfalque certo para encarar o Botafogo-SP, já que o volante Lissandro está suspenso ao levar o terceiro cartão amarelo na rodada passada. Alessandro Vinicius deve ser o substituto. O comandante falou sobre a semana de trabalho e no foco por um bom resultado no Estádio Passo D’Areia.

“Agora tivemos mais tempo de treinamentos para trabalhos específicos. Aproveitamos para trabalhar melhor a intensidade da nossa parte ofensiva. Tenho certeza de que a equipe vai ter melhor desempenho do que tivemos contra o Ypiranga, vamos evoluir, e consequentemente, vamos ter o bom resultado”, avalia o técnico, que acredita que o rival vem para propor jogo e tornar uma partida aberta.

“Até pela característica do time deles, eu não creio que eles vão se fechar. Vão buscar o jogo e nós também vamos. Claro que tem muitos jogadores do outro lado que conhecem o nosso clube, o nosso campo e o futebol gaúcho. Eu acredito que isso só tornará o jogo ainda mais forte. Nós não abriremos mão da vitória”, garante.

BOTAFOGO-SP
Para o duelo, o técnico Argel Fuchs deve manter a mesma escalação pela quarta vez seguida, fato que nunca tinha acontecido desde sua chegada ao Botafogo-SP. Isso porque, as baixas continuam sendo as mesmas: o zagueiro Matheus Santos, que se recupera de uma cirurgia no joelho e o atacante Hélio Paraíba, com um desconforto muscular.

“Trabalhamos bem nesta semana, treinos bem trabalhados, vamos para o quarto jogo repetindo a escalação, temos um padrão de jogo, uma espinha dorsal, um esquema tático. Trabalhamos bem a estratégia de jogo para domingo, vamos para com o adversário. Não podemos pensar em confronto direto, todos os jogos são confronto direto. Nosso grupo tem um equilíbrio grande, vamos tratar cada jogo como se fosse uma final”, disse o comandante.


Fonte: Futebol Interior