Segundo defensor, derrota para Grêmio não abala time para decisão da Libertadores


A derrota para o até então lanterna do Campeonato Brasileiro e que não tinha vencido nenhuma partida na competição não abala o Fluminense. Neste sábado, no estádio Maracanã, o time carioca foi derrotado por 1 a 0 pelo Grêmio, pela 12ª rodada da competição.

Segundo o zagueiro Lucas Claro, a derrota deste sábado não pode abalar o emocional do time e nem mudar nada do que o Fluminense fez até agora.

“Não enfrentamos o lanterna, enfrentamos o Grêmio. Respeitamos muito o Grêmio, sabemos da qualidade e da grandeza do clube. Não dá para desmerecer. Foi um jogo duro. Não conseguimos no último detalhe fazer o gol. Todos os jogos são difíceis.  A gente buscou o resultado a todo momento, trabalhando a bola e tentando chegar ao ataque”, explica.

Para o defensor, o Fluminense já tem que virar a chave e mirar a decisão da Copa Libertadores da América na terça-feira, quando o time carioca, joga a segunda partida das oitavas de final contra o Cerro Portenho também na terça-feira, no Maracanã, às 19h15.

“Já temos outra decisão pela frente e temos que estar concentrados para classificar. Temos que levantar a cabeça”.

No Brasileirão, o Fluminense está na oitava posição na classificação, com 17 pontos somados. Pelo competição, volta a jogar no sábado (24), quando encara o Palmeiras, em São Paulo.

VACINA SIM!!!

Neste sábado, o meia Nenê, poupado da partida desta sábado, tomou a vacina da covid-19. Ele divulgou um vídeo na sua rede social. No Rio de Janeiro, a vacinação para 39 anos ocorreu na última terça-feira para homens, mas o jogador estava com o time em Assunção, no Paraguai. Por isso, ele tomou neste sábado em Jundiaí (SP), sua cidade natal.


Fonte: Futebol Interior