21.1 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Seleção FI da 13ª rodada do Brasileirão com ‘Incrível Hulk’, uruguaio do CAP e técnico do Fortaleza


Campinas, SP, 26 (AFI) – A 13ª rodada do Campeonato Brasileiro foi encerrada na noite desta segunda-feira com as vitórias de Juventude e Corinthians. Como de costume, o PORTAL FUTEBOL INTERIOR selecionou os melhores jogadores para integrar a Seleção FI da rodada, que nesta semana foi definida no ofensivo 4-3-3 e que tem como treinador o ótimo Juan Pablo Vojvoda, do Fortaleza.

O sistema defensivo do time foi definido com jogadores dos dois extremos da classificação. O goleiro, por exemplo, é Matheus Cavichioli, que fechou o gol e ajudou o América-MG no empate com o Grêmio, em Porto Alegre. Por outro lado, a defesa conta com a dupla de zaga Nathan Silva, do Atlético-MG, e Gustavo Gómez, do Palmeiras, dois grandes candidatos ao título.

No meio-campo, o Juventude emplacou o volante Jadson, ex-Ponte Preta e Cruzeiro. E o setor ainda conta com David Terans, craque uruguaio do Athletico-PR.

Por fim, o ataque foi escalado com Hulk, do Atlético-MG, Robson, do Fortaleza, e Bruno Henrique, do Flamengo. O trio fez bonito dentro de campo e marcou gols importantes no final de semana.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 13ª RODADA DO BRASILEIRÃO:

CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Matheus Cavichioli (América-MG) –
Quando Grêmio chegou ao ataque em Porto Alegre encontrou o goleiro pronto para evitar a derrota do América-MG. Ele assegurou o empate do América , principalmente em lance que saiu no pé de Ricardinho.

Lateral-direito
Paulo Henrique (Juventude) – Foi o responsável pela assistência no gol de Matheus Peixoto, que deu a vitória ao Juventude em um confronto direto. Paulo Henrique escapou em velocidade pelo lado direito e cruzou na medida para o artilheiro. Depois de um primeiro tempo muito bom, priorizou a marcação para garantir o resultado positivo.

Zagueiro:
Nathan Silva (Atlético-MG) –
Na goleada do Atlético-MG sobre o Bahia, por 3 a 0, o zagueiro foi impecável e não deu brechas para os homens de ataque do adversário, principalmente para o artilheiro Gilberto. Nathan Silva foi seguro pelo alto e pelo chão, fazendo valer o pedido de retorno à BH – ele estava emprestado ao Atlético-GO.

Zagueiro:

Gustavo Gómez (Palmeiras) – O líder Palmeiras venceu mais uma no campeonato, desta vez o Fluminense, por 1 a 0, no Allianz Parque. Um dos destaques da partida foi o paraguaio Gustavo Gómez, sinônimo de raça e disposição com a camisa alviverde. Ele foi preciso nos desarmes por baixo e pelo alto, sendo peça importante no esquema tático de Abel Ferreira. Aliás, quem não gostaria de tê-lo como jogador?

Gustavo Gómez liderou o sistema defensivo do Palmeiras na vitória sobre o Fluminense

Lateral-esquerdo:
Guilherme Guedes (Grêmio) –
Novidade da equipe, o jovem não decepcionou a confiança do técnico Luiz Felipe Scolari. Marcou o gol do Grêmio no empate com o América e ainda foi uma das principais válvulas de escape do time gremista no ataque.

Volante:
Jadson (Juventude) –
É o motorzinho do meio-campo alviverde. E na vitória sobre a Chapecoense não foi diferente. Apesar de não aparecer muito lá na frente, foi importante na marcação, ajudando o Juventude a conquistar um bom resultado no confronto direto.

Meia:

Adson (Corinthians) – A noite de segunda-feira (26) foi especial para o meia Adson. Isso porque, na vitória por 2 a 1 em cima do Cuiabá, o camisa 28 marcou seu primeiro gol como profissional do Corinthians, em um chute de chapa que morreu no fundo das redes. Além disso, foi dos pés dele que também saiu a assistência para o gol de Roni.

Meia:
Terans (Athletico-PR) –
O uruguaio fez uma grande partida no reencontro do Athletico-PR com a vitória no Brasileirão. Ele não só comandou o meio-campo do Furacão, como deu trabalho a Daniel e ainda marcou um golaço de falta. O goleiro do Inter nem se fechou com tamanha categoria de Terans.

Atacante:
Hulk (Atlético-MG) –
No dia em que completou 35 anos, Hulk marcou dois dos três gols do Atlético-MG sobre o Bahia. O destaque do Galo abriu o placar no Mineirão numa ótima trama com Eduardo Sasha e conclusão na saída do goleiro. Depois fez o segundo em cobrança de pênalti, numa manhã iluminada.

Hulk fez dois gols no dia em que completou 35 anos de idade. Está jogando muito!

Atacante:
Robson (Fortaleza) –
Robson foi cirurgico neste domingo. Ele furou Cleiton, garantiu a vitória do Fortaleza e a primeira derrota do Red Bull Bragantino. O atacante foi um dos responsáveis por derrubar o último invicto do Brasileirão. Com oportunismo, ele apareceu no momento certo para estufar o barbante.

Atacante:
Bruno Henrique (Flamengo) –
Estava há cinco jogos sem marcar pelo Flamengo. Recém-recuperado de uma lesão na coxa esquerda, ele colocou fim ao jejum de gols em grande estilo. Marcou três gols – hat-trick – dos cinco da goleada do Flamengo sobre o São Paulo.

Bruno Henrique comemora um dos gols do Flamengo na goleada sobre o São Paulo

Técnico:
Juan Pablo Vojvoda (Fortaleza) –
Os portugueses têm feito muito sucesso no Brasil, mas os argentinos também ganham espaço. Juan Pablo Vojvoda conseguiu o que 12 treinadores não haviam conseguido. Seu Fortaleza venceu o Red Bull Bragantino e derrubou o último invcicto do Brasileirão. E mais! O Tricolor do Pici está invicto em casa e tem a melhor campanha como mandante da Série A. Dados que deixam os cearenses na quarta colocação.


Fonte: Futebol Interior