Série B: Garçom do Brusque fala sobre melhora no sistema defensivo


Brusque, SC, 28 (AFI) – O Brusque está no meio da tabela, em nono, do Campeonato Brasileiro Série B, mas ainda não se encontrou defensivamente. Com 18 gols sofridos, os catarinenses têm uma das cinco piores defesas. Na terça-feira, os jogadores se reapresentaram e o lateral-esquerdo Airton comentou o momento.

O treinador Jerson Testoni contou com novidades nos treinamentos. O lateral Ianson, o zagueiro Vivico e o meio-campista Jhon Cley estão recuperados e o atacante Bruno Lopes cumpriu com o isolamento, após testar positivo à Covid-19.

BRASIL TAMBÉM TEM TREINO NA NEVE

MELHORA NO DIÁLOGO

Contra o lanterna (20°) Confiança, o Brusque tenta engatar uma boa sequência, que ainda não apareceu. A campanha irregular com cinco vitórias e seis derrotas, porém, também pode melhorar por conta da evolução na defesa.

“A questão do sistema defensivo, o Brusque voltou a característica de garra e determinação do Brusque de sempre. Tenho pra mim que esse campeonato tem seus altos e baixos e o Brusque viveu uma baixa, como outras equipes e algumas estão vivendo hoje. O Jersinho não teve muito tempo para ajustar essa parte, mas o diálogo, para um grupo experiente, ele faz o efeito.”

GARÇOM DA ESQUERDA

Apesar de ser lateral, Airton apresenta bons números no ataque. Ele é o garçom do time com três assistências e esperar ajudar ainda mais.

“É fruto de um trabalho que a gente vem fazendo no dia a dia, um lateral que não gosta de participar de uma ação ofensiva ele acaba achando que não é lateral Então a gente vem trabalhando muito bem para isso, para que as jogadas e os gols possam sair naturalmente. Agora é trabalhar mais ainda para que mais jogadas possam sair.”

PRÓXIMA RODADA

O Brusque volta a campo, pela 15ª rodada, em casa, no Augusto Bauer, sábado às 21 horas. O adversário é o lanterna Confiança. Pode ser o quarto jogo consecutivo sem perder. O time venceu o Botafogo por 2 a 1, o Vila Nova por 1 a 0 e empatou com o líder Náutico, na última rodada, em 1 a 1.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior