Série C: Clube rompe com empresa de fornecimento de material esportivo


Florianópolis, SC, 29 (AFI) – O Figueirense vai procurar outra empresa para fornecer material esportivo. O clube anunciou, em comunicado oficial, o encerramento do vínculo com a Macron, pois a empresa não respeitou o acordo assinado em dezembro de 2020.

O Figueirense ainda afirmou que fez a parte dele e cumpriu com as políticas de ética e responsabilidade das cláusulas definidas no contrato.

PIA COMENTA POLÊMICA COM GOLEIRA

CONFIRA A NOTA

“A diretoria do Figueirense Futebol Clube comunica à sua torcida, que respeitando todos os prazos estabelecidos contratualmente e posteriormente repactuados, encerrou nesta quarta-feira (28), após reunião com representante da Macron (By MBTEX Brasil), realizada no Estádio Orlando Scarpelli, o seu contrato com a empresa de materiais esportivos, em razão do descumprimento, por parte da referida empresa, de cláusulas estabelecidas contratualmente.

Cabe ressaltar que desde a assinatura do contrato entre o clube e a empresa de materiais esportivos, em 10 de dezembro de 2020, o Figueirense respeitou integralmente os pactos firmados, em conformidade com a política de relacionamentos e a ética adotada pela sua diretoria administrativa, incluindo os termos de confidencialidade contratual e resguardo do layout aprovado, com o material teste sob os cuidados do clube.”

PRÓXIMA RODADA

Na abertura do segundo turno, o Figueirense não tem tarefa fácil. Recebe, no Orlando Scarpelli, o vice-líder Novorizontino, domingo (1) às 11 horas.

O Alvinegro é o sétimo colocado com dez pontos. A distância para a zona de rebaixamento é de apenas dois. São José-RS, o nono, e o Paraná-PR, oitavo, estão empatados com oito, mas o Tricolor leva vantagem no saldo de gols (-3 contra -5).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior