SÉRIE C: Na abertura da rodada, Criciúma e Figueirense fazem duelo estadual com direito a tabu e briga pelo G4


Campinas, SP, 22 (AFI) – Duas partidas irão abrir as disputas da nona rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C no decorrer do dia desta sexta-feira (23). O principal destaque fica para o duelo catarinense entre Criciúma e Figueirense, no qual ambos os times tentam voltar a vencer para continuarem brigando pelo G4 do Grupo B.

Depois de ficar invicto nas primeiras seis rodadas, o Criciúma-SC vem de duas derrotas seguidas e atualmente aparece na quarta posição da chave com 14 pontos. Focado na reabilitação, o time carvoeiro terá o fator casa como vantagem diante do Figueirense-, já que a partida está marcada para às 16h, no Estádio Heriberto Hulse.

Do outro lado, a equipe alvinegra que aparece em sétimo com oito pontos vem de dois jogos sem derrota, mas na última rodada ficou apenas no empate sem gols diante do Botafogo-SP. Além disso, o Figueirense tem um tabu a seu favor, já que o clube não é derrotado pelo Criciúma desde 13 de fevereiro de 2016, ou seja, há mais de cinco anos.

DUELO DOS DESESPERADOS E SEQUÊNCIA DA RODADA
No outro jogo do dia, Oeste-SP e Paraná-PR fazem um ‘duelo dos desesperados’ contra o rebaixamento na Arena Barueri, às 20h. O time paulista ainda não venceu na competição e amarga a lanterna do Grupo B com dois pontos ganhos, já o rival vem logo à frente, em nono, com sete. Nas cinco últimas rodadas, o time paranaense até conseguiu duas vitórias, mas vem de uma derrota em casa para o Novorizontino-SP por 2 a 0.

A nona rodada seguirá sendo disputada no decorrer do final de semana, com jogos no sábado (24) e domingo (25). Alguns destaques ficam para os confrontos estaduais entre Ypiranga-RS x São José-RS, Novorizontino-SP x Mirassol-SP, Botafogo-SP x Ituano-SP e Floresta-CE x Ferroviário-CE.

REGULAMENTO
Nesta primeira fase, os 20 times estão divididos em dois grupos regionalizados, onde ao fim de 18 rodadas, os quatro melhores de cada chave avançam para a segunda fase do campeonato e os dois últimos serão rebaixados à Série D. Na segunda etapa, as oito equipes serão divididas em duas chaves de quatro equipes, onde jogam dentro das chaves em turno e returno.

Os dois primeiros de cada chave garantem acesso à Série B, sendo que os primeiros colocados se classificam para a final. Já a grande decisão é disputada no sistema mata-mata em jogos de ida e volta, onde em caso de igualdade no placar agregado, o título será decidido nos pênaltis.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior