SÉRIE C: Único invicto, Criciúma-SC tenta manter a liderança diante do Paraná


Campinas, SP, 03 (AFI) – Três partidas dão sequência na disputa da sexta rodada da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C neste domingo (04). O maior destaque fica para o Criciúma-SC que recebe o Paraná, em casa, no Estádio Heriberto Hülse, e tenta se manter invicto para voltar a ficar isolado na liderança do Grupo B.

A partida está marcada para às 16h. Com um retrospecto de três vitórias e dois empates em cinco jogos, o Criciúma soma onze pontos e é o único time entre todos os participantes desta primeira fase da Série C que ainda não foi derrotado. Já o Paraná não vive uma situação tão boa na tabela. Apesar de ter conquistado a primeira vitória na rodada passada ao bater o São José-RS, por 3 a 1, a equipe segue perto da zona de rebaixamento com quatro pontos.

Também no Grupo B, São José-RS e Mirassol fazem um duelo dos opostos, no Estádio Francisco Novelletto, em Porto Alegre, às 11 da manhã. Enquanto o time paulista, que tem sete pontos, tenta seguir na briga pelo G4, os donos da casa ainda não sabem o que é vencer na competição e por isso estão na lanterna da chave com apenas dois pontos ganhos.

OUTROS DESTAQUES E FECHAMENTO DA RODADA
Por fim, em jogo único do Grupo A realizado neste domingo, Altos-PI e Floresta-CE se enfrentam no Estádio Lindolfo Monteiro, às 16h. O time piauiense, que tem sete pontos ganhos, busca a recuperação após uma derrota para o Paysandu, por 2 a 0, na rodada passada, para seguir na briga pelo G4. Já os cearenses aparecem bem próximos da zona de rebaixamento com cinco e tentam acabar com um jejum de quatro jogos sem vitória.

A sexta rodada será encerrada com uma partida disputada na noite de segunda-feira (05). Focado na terceira vitória seguida no Grupo B, o Ituano recebe o Figueirense-SC, no Estádio Novelli Júnior, às 20h. O rival tenta voltar a vencer após três empates seguidos para seguir brigando na parte de cima da tabela.

REGULAMENTO
Nesta primeira fase, os 20 times estão divididos em dois grupos regionalizados, onde ao fim de nove rodadas, os quatro melhores de cada chave avançam para a segunda fase do campeonato e os dois últimos serão rebaixados à Série D. Na segunda etapa, as oito equipes serão divididas em duas chaves de quatro equipes, onde jogam dentro das chaves em turno e returno.

Os dois primeiros de cada chave garantem acesso à Série B, sendo que os primeiros colocados se classificam para a final. Já a grande decisão é disputada no sistema mata-mata em jogos de ida e volta, onde em caso de igualdade no placar agregado, o título será decidido nos pênaltis.


Fonte: Futebol Interior