Sport x Palmeiras – Reabilitação ou liderança? Eis a questão


Recife, PE, 03 (AFI) – De olho na liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras enfrenta o Sport neste domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, pela nona rodada. Diferente do Verdão, que vive um boa fase, o Leão não sabe o que é vencer há quatro partidas e corre sérios riscos de voltar para a zona de rebaixamento.

Motivado com a vitória, com um jogador a menos, diante do Internacional, por 2 a 1, na rodada passada, o Palmeiras sonha em se aproximar ainda mais da liderança. O clube de Palestra Itália tem 16 pontos, dentro do G-4.

O Sport, por outro lado, vem de um empate sem gols diante do Santos. O Leão tem apenas seis pontos, um da zona de rebaixamento. A vitória na Ilha daria uma confiança maior para a sequência do torneio.

COMO VEM O VERDÃO?
As novidades foram o lateral-direito Mayke e o atacante Rony, que participaram de parte das atividades. Ambos foram desfalques em Porto Alegre-RS, na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional. Mayke foi preservado, ao passo que Rony sentiu uma mialgia no músculo adutor da coxa esquerda.

No campo, a comissão de Abel Ferreira comandou, a princípio, um trabalho técnico com dois times, sem goleiros, com ênfases em posse de bola, marcação, aproximação etc. Na parte final, com arqueiros e dimensões reduzidas, o aprimoramento foi de raciocínio rápido, movimentações e finalizações. Os atletas que apresentaram desgaste maior, de acordo com o monitoramento da fisiologia do Núcleo de Saúde e Performance, foram sendo liberados mais cedo.

O atacante Gabriel Veron, como havia participado de 45 minutos do jogo-treino de quinta contra o XV de Jaú, cumpriu cronograma no centro de excelência, e a dupla Pedrão e Dudu trabalharam na sala de musculação e também no gramado com a preparação física alviverde.

E O LEÃO?

Sem vencer há quatro jogos, o Sport busca a reabilitação no Brasileirão no confronto diante do Palmeiras, neste domingo, às 16h, no estádio Ilha do Retiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Umberto Louzer não poderá contar com o lateral Patric, que testou positivo para Covid-19. Já o também ala Sander e o zagueiro Maidana continuam vetados pelo Departamento Médico.

Com isso, a expectativa é que Umberto Louzer escale o mesmo time que ficou no empate sem gols diante do Santos. Devido à situação do clube, o treinador deverá evitar preservar alguns jogadores, caso de Thiago Neves e André. A dúvida é em cima de Trellez, que poderá aparecer entre os titulares.

“Tivemos pouco tempo para trabalhar. Então tentamos recuperar, e fazer pequenos ajustes para que possamos fazer um bom jogo e conseguir a vitória contra outra grande equipe, que é postulante ao título, que é o Palmeiras”, falou o treinador.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior