Time de São Paulo irá completar imunização da delegação nos próximos dias


São Paulo, SP, 12 (AFI) – A delegação do Palmeiras irá tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19, no Brasil e não no Paraguai. Após a doação da Conmebol de um lote do imunizante à CBF e ao Ministério da Saúde.

A entidade que comanda o futebol sul-americano entregou na madrugada da última quinta 20 mil doses da vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac.

DIVISÃO DAS DOSES

Das doses doadas, 5,5 mil serão distribuídas entre jogadores e funcionários que disputam o Brasileirão, feminino e masculino. O restante, será destinado ao Plano Nacional de Imunização (PNI).

A PRIMEIRA DOSE

A delegação alviverde viajou há um mês para Assunção para que tomasse a primeira dose. Cerca de 50 pessoas, entre atletas e funcionários, tomaram a vacina da Conmebol, que na época ainda não estava liberada pelo governo federal para entrar no Brasil.

SEGUNDA DOSE

Depois que o governo autorizou, o clube irá completar a imunização em São Paulo e depois irá viajar Santiago, onde disputará as oitavas de final da Libertadores.

ITÁLIA: Comemoração sem hora para acabar! Seleção é ovacionada por milhares de torcedores no país após conquista da Euro

Confira também:





Fonte: Futebol Interior