Treinador do Bahia não teme demissão: “Tenho consciência do meu trabalho”


Salvador, BA, 29 (AFI) – Dado Cavalcanti viu a pressão aumentar depois da derrota para o Atlético-MG, por 2 a 0, em Belo Horizonte, pela Copa do Brasil. A sequência de cinco tropeços, porém, não faz o treinador temer o risco de demissão.

“Tenho muita consciência do meu trabalho. Sei do fardo que é do peso que é ser treinador do Bahia. E estou muito tranquilo desde quando assumi. Sei da pressão. Não mudou nada desde o primeiro momento em que assumi o comando vestindo a camisa do Bahia”, disse Dado.

O treinador chegou para ser coordenador das categorias de base e comandou o time de Aspirantes. Em dezembro do ano passado, após a demissão de Mano Menezes, Dado Cavalcanti foi o escolhido pela diretoria.

Esse é o momento mais delicado do treinador desde que assumiu o time profissional do Bahia. São cinco derrotas seguidas e nenhum gol marcado.

TÁ COMPLICADO
A última derrota foi para o Atlético-MG, por 2 a 0, em Belo Horizonte, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Na semana que vem, os dois voltam a se enfrentar e o Bahia precisa ganhar por três ou mais gols de vantagem. Se o Tricolor devolver o placar, a decisão vai para os pênaltis.

Em busca da reabilitação, o Bahia recebe o Sport, às 18h15, no Pituaçu, em Salvador, pela 14ª rodada do Brasileirão.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior