Variante indiana da Covid-19 não circula na Bahia


A circulação da temida variante indiana da Covid-19 (Delta) não acontece na Bahia. É o que mostra um total de 368 exames de sequenciamento genético do vírus da Covid-19 realizados em nove meses. De acordo com boletim divulgado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), a variante Gamma (antiga P.1, originária em Manaus) ainda é responsável por cerca de 80% das contaminações no estado.

O Lacen-BA analisou amostras de 150 municípios dos nove Núcleos Regionais de Saúde. O resultado divulgado mostra que 23 linhagens diferentes do vírus da Covid-19 circulam na Bahia.

“Na Bahia, não foi identificada a circulação das cepas Beta (África do Sul) e Delta (Índia). A variante Gama e a do Reino Unido ainda são as predominantes no mapeamento genético que fazemos que é essencial para o planejamento e definição de ações na área da Vigilância Epidemiológica do Estado”, explica Arabela Leal, diretora do Lacen-BA.





Fonte: iBahia