Vasco anuncia demissão do técnico Marcelo Cabo


Rio de Janeiro, RJ, 19 (AFI) – Nesta tarde de segunda-feira, o Vasco informou a demissão do treinador Marcelo Cabo. O técnico não resistiu a pressão que vinha sofrendo, e após mais uma atuação fraca, empatando com o Náutico, em São Januário, no último domingo, foi demitido.

Cabo chegou ao clube cruz-maltino em março e dirigiu a equipe em 29 partidas. Foram 13 vitórias, dez empates e seis derrotas.

MAIS GENTE CAIU

Além do treinador, o auxiliar Gabriel Cabo e o preparador físico Tiago Melsert também foram desligados.

QUEM ASSUME?
Por enquanto, os treinamentos serão comandados por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

Confira a nota na íntegra, emitida pelo clube:

O Club de Regatas Vasco da Gama informa o desligamento do treinador da equipe de futebol profissional, Marcelo Cabo. O técnico foi comunicado de sua dispensa na tarde desta segunda-feira (19/07) e deixa prontamente o comando da equipe cruzmaltina.

eixam também o Clube o auxiliar Gabriel Cabo e o preparador físico Tiago Melsert. Os próximos treinamentos serão comandados por Fábio Cortez e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

O Vasco da Gama agradece Marcelo Cabo por toda sua dedicação ao longo dos meses que permaneceu à frente da equipe de futebol profissional do Vasco. Foram momentos de dedicação integral para o sucesso do projeto, junto à sua equipe e o departamento de futebol. Marcelo contribuiu positivamente para a montagem do elenco para esta temporada, trabalhou em alinhamento com o departamento de futebol de base, contribuindo para o desenvolvimento de jovens atletas cruzmaltinos, e foi figura importante para a manutenção do excelente ambiente de convívio no Centro de Treinamento do Vasco, na Cidade de Deus.

Em uma temporada onde o Clube necessita especialmente de resultados, o Vasco lamenta que estes não tenham sido exatamente os almejados, sendo o único motivo para a mudança.

O Vasco da Gama deseja sinceramente todo sucesso ao treinador e seus assistentes na sequência de suas trajetórias.


Fonte: Futebol Interior