Viúva de MC Kevin polemiza ao atacar amigos do funkeiro: ‘Foi homicídio’



 Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, voltou a causar polêmica ao falar relembrar da morte do funkeiro. Durante entrevista a Sérgio Mallandro, no podcast Papagaio Falante, a advogado citou o possível envolvendo dos amigos do cantor no caso que resultou no falecimento do artista. As investigações apontaram que ele caiu da varanda de um hotel, no Rio de Janeiro.

“A verdade é que ele foi lá dar uma afogada no ganso. Ele estava bem louco. Bebeu, constou (no laudo) que ele usou droga sintética. Ele não estava em si. O que aconteceu lá, eu não sei, não tenho noção… Só sei que tem três pessoas mentindo. É tudo contraditório. Até o que falaram nos depoimentos e na mídia. Eles se desmentem”, disse.

[[saiba_mais]

E analisou: “Para ser um acidente, não tem que ter maldade. Prefiro ir na linhagem do crime. Um acidente através de uma brincadeira de mau gosto já é maldade. Uma brincadeira sadia, é diferente. Não é brincadeira você estar em um quarto com uma garota de programa e falar ‘Sua mulher chegou aí’ para alguém que está transtornado. Isso não existe. É uma brincadeira que não se cogita”.

Na sequência, a loira abriu o coração sobre o que acredita que aconteceu no quarto do hotel.”Eu, como ser humano, (acho que foi) uma brincadeira de mau gosto. Eu como advogada, (acho que) foi homicídio com dolo eventual, quando você assume um risco. Quando você pratica algo assumindo o risco”, opinou.





Fonte: iBahia