Zulu se diverte com repercussão de suas mensagens motivacionais em ‘No Limite’: ‘Achei legal o pessoal me chamar de coach’ | Aquecimento No Limite


O dia tão esperado chegou em No Limite. Nesta terça-feira, 20/7, vamos saber quem será o grande vencedor do reality. Antes disso, o finalista Marcelo Zulu conversou com Ana Clara e Bruno de Luca e falou sobre a expectativa pela grande Final.

“Estou muito tenso. Estou muito feliz de estar aqui nesse dia e triste de terminar. É um paradoxo”, explicou.

Marcelo Zulu em um dos episódios de ‘No Limite’ — Foto: Globo

O treinador ainda entrou na brincadeira e deixou uma mensagem para si mesmo como se fosse um coach.

“Eu achei legal o pessoal me chamar de coach. ‘Relaxa, tranquilo, respira um pouco porque vai ser simplesmente mais um desafio e você já passou por muitos’. Eu não me acalmei não, continuo tenso”, disse, rindo.

Ele também confessa que chegou ao limite várias vezes no reality e relembrou momentos difíceis – a tempestade no acampamento e a desistência em uma Prova da Imunidade, que era de resistência.

“Eu sou muito competitivo, não foi à toa que fui titular da Seleção Brasileira durante 15 anos. Quando você tem uma derrota, é muito triste. Mas quando você perde pra você mesmo, uma decisão errada, é o pior tipo de derrota. A parte que mais me abalou foi eu não ter saído da prova de resistência. Apesar de ser leve, na minha condição física, era praticamente impossível. Não pelo peso, mas pela posição”, lembra.

Carcará e Calango na Prova da Imunidade do ‘No Limite’ — Foto: Globo

Outro momento desafiador foi a tão temida Prova da Comida. “A barata é a mais nojenta. Eu não conseguia pegar, ela fugia. Eu acho que ela me olhou, me reconheceu como uma ameaça e estava tentando fugir”, lembrou.

“Apesar dela ser a mais nojenta, a minha maior dificuldade foi na primeira. A boca estava muito seca. E eu tive a ideia genial de jogar tudo na boca ao mesmo tempo (larvas de besouro). Eu não consegui engolir, engasguei com a casca. Quando eu comecei a mastigar, uma foi para a lateral da minha boca e ficou andando.”

Marcelo Zulu encara Prova da Comida no ‘No Limite’ — Foto: Globo

O finalista também revelou por que acredita que merece o prêmio.

“Todos que estavam ali se esforçaram, deram seu máximo, mas eu acho que o meu diferencial foi ser aquele ponto fora da curva. Cheio de lesões, não conhecia ninguém, enquanto a maioria já era amigo. Tive um ótimo relacionamento com todo mundo”, finalizou.



Fonte: Gshow