21.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Apenas oito clubes não trocaram de técnico na Série B. Veja a lista!


Campinas, SP, 31 (AFI) – O Campeonato Brasileiro Série B já passou da sua metade e a briga por acesso e permanência vão se afunilando. Parte central de cada trabalho são os treinadores e muitos deles não conseguiram emplacar. O Portal Futebol Interior traz para você, internauta, um balanço de todas as trocas de comando que aconteceram até agora.

Dos 20 clubes, apenas oito não trocaram de treinadores. Dois deles, Coritiba e CRB estão no G4, enquanto o Sampaio Corrêa é o quinto colocado, o Guarani é sétimo, o Avaí o oitavo e o Operário o nono. Apenas Brusque (13º) e Ponte Preta (15º) estão na metade de baixo da tabela.

É bom destacar que, a partir dessa temporada, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) colocou limite para a troca de treinadores. Ou seja, cada clube pode demitir apenas um profissional durante o campeonato. No caso de Cruzeiro, CSA e Vitória, os clubes aproveitaram a brecha o regulamento para ter três treinadores. Quando o técnico pede demissão ou há comum acordo, a CBF não contabiliza demissão e permite que um novo profissional assuma.

CLUBES QUE NÃO TROCARAM DE TREINADOR NA SÉRIE B

Avaí – Claudinei Oliveira
Brusque – Jerson Testoni
Coritiba – Gustavo Morínigo
CRB – Allan Aal
Guarani – Daniel Paulista
Ponte Preta – Gilson Kleina
Operário-PR – Matheus Costa
Sampaio Corrêa – Felipe Surian

CLUBES QUE TROCARAM DE TREINADORES

Botafogo – Marcelo Chamusca e agora Enderson Moreira
Brasil – Cláudio Tencati e agora Cléber Gaúcho
Confiança – Rodrigo Santana e agora Luizinho Lopes
Cruzeiro – Felipe Conceição, Mozart Santos e agora Vanderlei Luxemburgo
CSA – Bruno Pivetti, Ney Franco e Mozart Santos

Goiás – Pintado e agora Marcelo Cabo
Londrina – Roberto Fonseca e agora Márcio Fernandes
Náutico – Hélio dos Anjos e agora Marcelo Chamusca
Remo – Paulo Bonamigo e agora Felipe Conceição
Vasco – Marcelo Cabo e agora Lisca
Vila Nova – Wagner Lopes e agora Higo Magalhães (interino)
Vitória – Rodrigo Chagas, Ramon Menezes e agora Wagner Lopes

Confira também:





Fonte: Futebol Interior