App desenvolvido por startup baiana realiza entregas em periferias


O aplicativo ‘Trazfavela’ foi o único finalista do da Bahia  na 3ª edição do Amcham Arena, competição gratuita entre startups de todo o país realizada pela Câmara Americana de Comércio para o Brasil.

A empresa, idealizada em 2018, pelo empreendedor e também morador da periferia da capital baiana, Iago Santos tem como finalidade atender via aplicativo, 26 bairros periféricos de Salvador que são recusados por grandes apps de entrega tradicionais. “A cidade tinha muito delivery, mas não atendia muitos bairros que têm áreas consideradas de risco”, declara o CEO.

Para facilitar a vida dos moradores dessas localidades e também dos comerciantes cadastrados,  o aplicativo da startup recebe o pedido de delivery, encaminha para a empresa que aciona um motoboy.

O TrazFavela também tem um banco de dados com motoboys das comunidades de Salvador e analisa sempre de onde o produto será retirado e o destino para a casa do cliente, a fim de trabalhar com pessoas que conhecem e vivem nesses territórios. “Vendo a realidade da região periférica, tinha muito delivery em Salvador, mas não atendia a região periférica”, afirma Iago.

De acordo com com o seu fundador, estar entre os finalistas é uma prova de que estão no caminho certo, representando não apenas a cidade de Salvador, mas acendendo a importância do olhar para as regiões periféricas de todo o Brasil, como pólos de inovação e empreendedorismo.

“Nós entendemos que a inovação é fruto das conexões, o Amcham Arena é o lugar de conexão entre Startups que precisam de investimento para acelerar seu crescimento e grandes organizações que precisam de agilidade para se manterem competitivas”, ressalta a executiva Lilian Marins.





Fonte: iBahia