21.8 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Auxílio Emergencial: Confira o calendário de pagamentos desta semana


O pagamento da prorrogação do programa está sendo liberado para os inscritos no Bolsa Família e para os beneficiários que se inscreveram através do aplicativo, site e CadÚnico.

A Caixa Econômica Federal está depositando a quinta parcela do auxílio emergencial para milhares de cidadãos brasileiros desde a semana passada. O pagamento da prorrogação do programa está sendo liberado para os inscritos no Bolsa Família e para os beneficiários que se inscreveram através do aplicativo, site e CadÚnico.

Os valores do benefício permanecem os mesmos, variando de R$ 150 a R$ 375 conforme a composição familiar. Além disso, a distribuição da quantia para os segurados do Bolsa Família segue o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) e para os demais beneficiários, segundo o mês de nascimento.

Pagamentos da 5ª nesta semana

Público geral

  • Domingo (22): Recebem os nascidos em abril;
  • Segunda-feira (23): Recebem os nascidos em maio;
  • Terça-feira (24): Recebem os nascidos em junho;
  • Quarta-feira (25): Recebem os nascidos em julho;
  • Quinta-feira (26): Recebem os nascidos em agosto;
  • Sexta-feira (27): Recebem os nascidos em setembro;
  • Sábado (28): Recebem os nascidos em outubro.

Inscritos do Bolsa Família

  • Segunda-feira (23): Recebem que tem o NIS terminado em 4;
  • Terça-feira (24): Recebem que tem o NIS terminado em 5;
  • Quarta-feira (25): Recebem que tem o NIS terminado em 6;
  • Quinta-feira (26): Recebem que tem o NIS terminado em 7;
  • Sexta-feira (27): Recebem que tem o NIS terminado em 8;

Você Pode Gostar Também:

Confira se pode receber a 5ª parcela

Para conferir se terá direito ou não a quinta parcela do auxílio emergencial, basta consultar sobre o benefício em um dos canais a seguir:

Todavia, se tiver o benefício negado, poderá realizar a contestação no período estabelecido pelo Governo Federal.

Quem pode ficar de fora do próximos pagamentos?

  • Trabalhadores formais, com carteira assinada;
  • Quem recebe benefício previdenciário ou assistencial, exceto Bolsa Família e PIS/Pasep;
  • Quem recebeu o auxílio em 2020, mas não sacou ou usou o dinheiro;
  • Quem estiver com auxílio emergencial 2020 cancelado no momento da análise cadastral do novo auxílio;
  • Residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares;
  • Pessoas com menos de 18 anos, exceto mães adolescentes;
  • Presidiários;
  • Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019;
  • Quem tinha em 31 de dezembro de 2019 a posse ou a propriedade de bens, ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • Quem recebeu em 2019 rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte superior a R$ 40 mil.

Veja também: Auxílio Emergencial: veja quando começam os saques da 5ª parcela

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Fonte: Notícias Concursos