Botafogo-RJ x Vila Nova – Fogão aposta no fator casa para seguir colado ao G4


Rio de Janeiro, RJ, 21 (AFI) – O Botafogo-RJ se apega à melhor campanha como mandante da Série B do Campeonato Brasileiro para o confronto deste domingo, contra o Vila Nova, às 11 horas, no Nilton Santos, no Rio, pela 20ª rodada, a primeira do segundo turno.

Em nove jogos como mandante durante o primeiro turno, o Botafogo venceu sete, empatou um e perdeu uma única vez. Ou seja: dos 29 pontos que conquistou até agora, 22 vieram em vitórias na capital carioca, numa campanha de 76,1% que mantém o time na briga pelo acesso.

Na última rodada, o Botafogo ficou no empate com o Guarani, por 1 a 1, em Campinas (SP), num resultado levou o time aos 29 pontos. Já o Vila Nova empatou com o Vitória, por 0 a 0, em Goiânia (GO), chegou aos 19 pontos e segue em situação delicada na briga contra o rebaixamento.

BOTAFOGO DESFALCADO

Para a partida, a primeira baixa do Botafogo deve acontecer no banco de reservas. Isso porque o técnico Enderson Moreira foi julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e foi punido em dois jogos pela expulsão contra o Confiança, pela 14ª rodada.

Como cumpriu apenas a suspensão automática, Enderson tem que ficar de fora do confronto contra o Vila Nova. Contudo, o departamento jurídico do clube se mobiliza para tentar um efeito suspensivo para contar com ele à beira do gramado.

Em campo, o volante Luís Oyama recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Guarani e terá que cumprir suspensão automática. A tendência é que Pedro Castro volte ao time ao lado de Barreto, embora Romildo, Matheus Frizzo e Kayque também sejam opções para o setor.

RETORNOS NO TIGRE

Já o Vila Nova aposta no retorno do experiente zagueiro Rafael Donato e do volante Arthur Rezende para voltar a vencer no campeonato. Com isso, Renato Silveira e Dudu devem deixar o time e virar opções no banco de reservas.

O técnico Hemerson Maria não descartou outras mudanças no time titular, já que o futebol apresentado na última rodada não agradou e a pressão por vitórias aumenta ainda mais.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior