28.4 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Brasil-RS x Remo – Duelo para deixar a lanterna da Série B?


Pelotas, RS, 26 (AFI) – Na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, o Brasil de Pelotas quer colocar um ponto final na sequência negativa no duelo frente ao Remo, marcado para esta sexta-feira, às 19h, no estádio Bento Freitas, pela 21ª rodada. Diferente do rival, o time paraense quer se aproximar da disputa pelo G-4.

A equipe xavante não vence há oito rodadas, sendo a última no dia 17 de julho, quando fez 1 a 0 em cima do Vitória. A situação é delicada, já que soma apenas 13 pontos. O Vila Nova, primeiro fora da zona de rebaixamento, tem 22.

Já o Remo vem de altos e baixos na competição. Na última rodada, perdeu para o CRB, em pleno Baenão, por 2 a 1. No entanto, segue na cômoda 12ª colocação, com 26 pontos. O Guarani, em quarto, tem 33.

COMO VEM O XAVANTE?
O técnico Cléber Gaúcho não poderá contar com o volante Wesley, suspenso pelo terceiro cartã amarelo. A expectativa é que o treinado aposte em Diego Gomes para ocupar o setor, como fez nos últimos treinos da equipe.

Brasil e Remo se enfrentam nesta sexta-feira

Por outro lado, Cléber Gaúcho contará com os atacantes Rone e Caio Rangel. Ambos ficarão à disposição do treinador, que deverá seguir com um ataque formado por Kevin, Júnior Viçosa e Netto. Precisando vencer para sair da lanterna, o comandante não escondeu a possibilidade de fazer novas mudanças.

E O REMO?
O técnico Felipe Conceição não contará com o lateral Thiago Ennes. O jogador não se recuperou de dores no tornozelo e acabou sendo vetado pelo Departamento Médico. Ele se junta a outros atletas. São eles: os zagueiro Fredson e Romércio, o lateral Wellington Silva e os atacantes Erick Flores e Matheus Oliveira.

E os problemas não param por ai. O volante Anderson Uchôa e o atacante Victor Andrade viajaram, mas farão ainda um último teste para saber se têm condições de estarem em campo na próxima sexta-feira. Lucas Tocantins e Rafinha estão de sobreaviso.

“Não podemos levar um jogo só porque eles são o lanterna. Tivemos uma experiência de ter enfrentado o Londrina, que também era lanterna na época e, infelizmente, a gente não fez um jogo bom. Então temos que ir com essa consciência, ser consistente, fazer um jogo firme para sair com a vitória”, disse o volante Arthur.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior