Britto Jr diz que demissão de Mion foi forjada e acusa diretor da Record de assédio


O apresentador Britto Jr deu o que falar no último domingo (16). Ao conversar coms fãs no Twitter, o ex-contratado da Record aproveitou para falar mal da emissora e fazer acusações relacionadas à  demissão de Marcos Mion e assédio praticado por diretor.

Ao responder uma mensagem de elogio de uma fã, Britto Jr ‘soltou’ que a demissão do também apresentador Marcos Mion, hoje contratado pela Globo, foi forjada. “Grato! Parabenizo os diretores da Record por terem forjado, ops, demitido Mion. Não fosse isso, ele estaria lá e não teria ido pra Globo”, escreveu.

Britto Jr continuou respondendo mensagens e chegou ao ponto de xingar um diretor da emissora. Questionado se a empresa teria tido de escolher entre Carelli e Mion, ele respondeu: “A Record tem pastores artísticos. E eles não mexem com isso. Deixam tudo na mão da Careli, que, todos sabem, é um merda”. 

Logo depois, o apresentador acusou Carelli de assédio. “Não, ele põe os amigos dos pastores e se sobrar vaga, põe seus amigos íntimos, que ele quer assediar”, revelou.

 





Fonte: iBahia