Casa do cantor Agnaldo Timóteo é invadida e depredada no Rio; veja fotos



A casa de Agnaldo Timóteo, localizada em um condomínio na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, foi invadida na madrugada desta quarta-feira (25).  Segundo o advogado do cantor, Sidney Lobo Pedroso, dois homens teriam pulado o muro e tentado atear fogo na placa de “vende-se” da residência. Uma funcionária dormia no local e impediu que o fogo se alastrasse.

Na semana passada, a casa, que está fechada desde a morte do cantor, havia sido depredada. Timotinho, sobrinho de Agnaldo, divulgou um vídeo em que mostra o vidro da entrada da casa quebrados após um ato de vandalismo. O advogado e tutor da herdeira informa que já tomou as providências sobre o caso na polícia.

“Já mandei colocar o vidro de volta. E dois indivíduos hoje, às 2h da manhã, pularam o muro da casa de Agnaldo Timóteo, botaram fogo numa mochila e tentaram colocar fogo na faixa de ‘vende-se’ e ‘aluga-se’. Isso é lamentável”, informou o advogado.  “Lá tinha uma pessoa que eu coloquei lá, porque aquela casa precisa ser protegida, pois trata-se do patrimônio da Keyty, ela levantou, gritou, as pessoas fugiram, ela chamou a polícia e não conseguiram pegar ninguém. Vou fazer um boletim de ocorrência, porque esses indivíduos não podem ficar impunes”, completou.

O fato aconteceu poucas semanas após a Justiça reconhecer como herdeira do patrimônio de R$ 16 milhões do cantor a filha Keyty Evelyn, de 14 anos, que foi criada por ele desde os 2 anos de idade. Agnaldo Timóteo morreu no dia 3 de abril, aos 84 anos, vítima da Covid-19.

Casa de Agnaldo Timotéo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Casa de Agnaldo Timotéo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)

Casa de Agnaldo Timotéo no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução)





Fonte: iBahia