Compras online: consumidores estão com medo de cair em golpe


Um total de 68% dos brasileiros estariam com medo de realizar compras online, foi o que revelou a pesquisa do laboratório especializado em segurança digital da PSafe (dfndr lab).

Apesar do número expressivo, Emilio Simoni, diretor do laboratório, explicou ao Extra que o aumento dos crimes é frequente. Sendo que, só no primeiro semestre deste ano, foram registrados “31 milhões de golpes em sites e páginas falsas”, detalha o site.

“Mais da metade dos entrevistados dizem que antes de fazer uma compra virtual sempre busca por comentários sobre o estabelecimento. Apesar desta parcela se preocupar em investigar antes de realizar uma compra, o número de golpes de sites e páginas falsas é altíssimo. Isso mostra como os cuidados precisam ser reforçados e praticados por cada vez mais pessoas” destaca o especialista em segurança digital, em entrevista ao Extra.

Compras pela internet: 3 erros que você já pode ter feito

A pesquisa ainda revelou que a maioria das pessoas preferem utilizar o cartão de crédito nas compras feita de maneira online, porém 54% afirmaram ter medo do cartão ser clonado com essa ação.

Você Pode Gostar Também:

Falsas promoções de compras online e golpes

Diante do universo de compras online, pessoas entrevistadas e que já foram vítimas de golpes, relataram com frequência falsas promoções. Entre os golpes aplicados há itens que nunca foram entregues e site que saíram do ar após feito o pedido, isso sem falar em sites falsos que roubam os dados das vítimas.

Com os dados, os criminosos muitas vezes se aproveitam para usar o cartão de crédito da vítima. As quadrilhas chegam inclusive a copiar site de outras marcas, por isso, é importante ficar atento no endereço antes de realizar a compra de qualquer item.

“Nas redes sociais, os cibercriminosos usam a mesma tática e divulgam promoções com valores bem abaixo do preço e premiações falsas. Dessa forma, conseguem induzir com que os usuários cliquem em links maliciosos para páginas falsas criadas para obter informações confidenciais como e-mail, documentos e, principalmente, dados bancários da vítima”, completou o especialista.

Pesquisar a reputação da empresa e verificar o endereço do site é fundamental antes de qualquer compra. Uma opção para verificar a reputação da empresa é o Reclame Aqui. Desconsidere elogios feitos nos próximos site o conteúdo pode ser falso e arquitetado para te convencer.

 

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Fonte: Notícias Concursos