Covid-19: Aplicação da Pfizer é interrompida na Bahia por falta de seringas



A aplicação das doses da Pfizer foram interrompidas temporariamente na Bahia por falta de seringas. Na última terça-feira (10), o estado recebeu um lote de 215.280 doses do imunizantes, mas elas não vieram acompanhadas de seringas. Segundo a secretária interina de Saúde da Bahia, Tereza Paim, o Ministério da Saúde é responsável pela entrega do imunizante juntamente com o insumo.

“Dessa vez a Pfizer não mandou as seringas junto. Esses insumos não vieram, portanto vamos esperar uma nova remessa”, explicou Tereza Paim.

A interina ainda explicou que a Bahia tentou uma requisição administrativa para as fábricas e os produtores das seringas, mas não conseguiu adiantar a compra. Agora, o estado irá esperar uma nova remessa da fabricante para aplicar as doses que já estão em território baiano.

“Esperamos que essa remessa venha logo e novas doses também. Queremos o avanço em termo de quantidade e de tempo, porque não podemos esperar. A maior parte da população tem que estar vacinada”, afirmou.





Fonte: iBahia