dois novos grupos recebem HOJE (25)


Nesta quarta-feira (25) a Caixa Econômica Federal (CEF) depositou a quinta parcela do Auxílio Emergencial 2021 para dois novos grupos de beneficiários. Nesse sentido, hoje, os grupos que recebem são os trabalhadores do público geral nascidos em junho e os beneficiários que fazem parte do Bolsa Família com número NIS terminado em 6.

O dinheiro do Auxílio Emergencial é depositado na conta poupança digital da Caixa. Inicialmente o auxílio pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem e após duas ou três semanas do depósito, a Caixa libera os saques e transferências dos recursos. Lembrando que beneficiários do Bolsa Família já podem sacar e transferir os recursos através dos canais físicos.

Nesse contexto, ao todo, 45,6 milhões de brasileiros são beneficiados pela nova rodada do benefício emergencial. Ademais, o auxílio é pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020, pois não houveram novas fases de inscrição. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Ademais, em caso de dúvidas sobre o recebimento do benefício, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. E, além disso, o beneficiário pode consultar a página do auxílio no site da caixa para obter resposta de outras dúvidas.

Você Pode Gostar Também:

Calendários referentes à quinta parcela do Auxílio Emergencial

Quinta parcela do Auxílio Emergencial 2021: beneficiários do Bolsa Família

Final do número NIS

Data do pagamento

1

18 de agosto

2

19 de agosto

3

20 de agosto

4

23 de agosto

5

24 de agosto

6

25 de agosto

7

26 de agosto

8

27 de agosto

9

30 de agosto

0

31 de agosto


Quinta parcela do
Auxílio Emergencial 2021: público geral

Mês de nascimento

Data do pagamento

Saques e transferências

Janeiro

20 de agosto

1 de setembro

Fevereiro

21 de agosto

2 de setembro

Março

21 de agosto

3 de setembro

Abril

22 de agosto

6 de setembro

Maio

24 de agosto

9 de setembro

Junho

25 de agosto

10 de setembro

Julho

26 de agosto

13 de setembro

Agosto

27 de agosto

14 de setembro

Setembro

28 de agosto

15 de setembro

Outubro

28 de agosto

16 de setembro

Novembro

29 de agosto

17 de setembro

Dezembro

31 de agosto

20 de setembro

Dessa maneira, o pagamento escalonado das parcelas do Auxílio Emergencial foi adotado pela Caixa com a justificativa de evitar aglomerações. Sendo assim, nas quatro últimas parcelas o pagamento foi feito da mesma maneira, de acordo com o mês de nascimento de trabalhadores do público geral e de acordo com o número final NIS dos beneficiários do Bolsa Família.

Mais informações sobre a rodada 2021 do auxílio

O Auxílio Emergencial foi criado em abril do ano passado pelo Governo para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Nesse sentido, a primeira rodada foi composta de cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, logo após, foi estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Já na rodada de 2021 do Auxílio Emergencial, inicialmente foram oferecidas quatro parcelas mensais de abril a julho, de R$ 175 a R$ 375, a depender do perfil dos beneficiados:

Em julho deste ano o Governo Federal anunciou a prorrogação da rodada 2021 do Auxílio Emergencial. Sendo assim, o auxílio foi prorrogado por mais três parcelas, de agosto até outubro de 2021.

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Fonte: Notícias Concursos