Ex-técnico da Ponte Preta deixa time do Brasileirão


Salvador, BA, 17 (AFI) – O Campeonato Brasileiro fez mais uma vítima. Na manhã desta terça-feira, a diretoria do Bahia anunciou a saída do treinador Dado Cavalcanti após uma sequência de seis jogos sem vitória.

“O Esporte Clube Bahia comunica que Dado Cavalcanti não é mais o treinador do Esquadrão. O profissional, que assumiu o comando da equipe principal no último mês de dezembro, conduziu a reação tricolor no Brasileirão 2020 e a conquista da Copa do Nordeste 2021”, diz parte do trecho da nota oficial.

Dado Cavalcanti, de 40 anos, chegou ao Bahia em abril de 2019 para comandar o time de Aspirantes, deixou o clube para trabalhar na Ferrovióaria e retornou em outubro de 2020 como coordenador no departamento de futebol da base.

Em dezembro do ano passado, Dado Cavalcanti recebeu a oportunidade de comandar o time principal após a saída de Mano Menezes. Sob seu comando, o Bahia teve 21 vitórias, 11 empates e 19 derrotas.

Agora, a diretoria tricolor vai em busca de um substituto para a sequência do Brasileirão. Enquanto isso, o time será comandado interinamente pelo português Bruno Lopes, treinador do time de transição.

Na 13ª colocação do Brasileirão, com 18 pontos, o Bahia se aproximou da zona de rebaixamento com a sequência negativa. No sábado, o time faz o confronto direto contra o Grêmio, em Porto Alegre, pela 17ª rodada.

CONFIRA ABAIXO A NOTA NA ÍNTEGRA DO BAHIA

O Esporte Clube Bahia comunica que Dado Cavalcanti não é mais o treinador do Esquadrão. O profissional, que assumiu o comando da equipe principal no último mês de dezembro, conduziu a reação tricolor no Brasileirão 2020 e a conquista da Copa do Nordeste 2021.

Em 51 jogos ao longo de oito meses, venceu 21, empatou 11 e perdeu 19, além de 81 gols marcados e 61 sofridos. Junto com ele, deixam o time os auxiliares Pedro Gama e Dito Wolley.

O trabalho desta terça-feira (17) será dirigido pelo português Bruno Lopes, técnico do Time de Transição. Enquanto a diretoria define o substituto de Dado, o elenco sub-23 será liderado por Eduardo Guadagnucci, do sub-20.

A passagem do pernambucano no clube seria ainda maior não fosse a pandemia. Entre abril de 2019 e março de 2020, quando se iniciaram os efeitos do novo coronavírus, Dado levou a equipe para a semifinal do Campeonato Brasileiro de Aspirantes e para o título do Campeonato Baiano, o qual esteve em mais da metade da campanha.

Agradecemos os ótimos serviços prestados e desejamos grande sorte em seus novos desafios.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior