FGTS: R$ 8,12 bilhões do lucro será distribuído entre os trabalhadores


No último dia 17, o Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) definiu a quantia de R$ 8,12 bilhões do lucro acumulado em 2020 para ser distribuída entre os trabalhadores que contribuíram com o fundo durante o ano de apuração.

Para o economista e CEO da Express CTB, João Esposito, “o valor recebido será proporcional ao saldo que os contribuintes tinham em conta no dia 31 de dezembro de 2020, multiplicado pelo índice de 0,019”.

O especialista ainda complementa dizendo que, “o benefício cairá diretamente na conta FGTS até o último dia de agosto, e poderá ser consultado via app ou site”.

Quem tem direito ao lucro do FGTS?

Todos os trabalhadores de carteira assinada que tinham saldo positivo na conta do FGTS, seja ela ativa ou inativa, até 31 de dezembro de 2020, têm direito ao rendimento do Fundo de Garantia.

Todavia, vale ressaltar que o benefício não pode ser sacado de maneira específica, visto que os saldos do FGTS só são liberados integralmente e em situações específicas. Confira algumas delas a seguir:

  • Demissão sem justa causa;
  • Ficar três anos sem registro em carteira;
  • Fim do contrato por prazo determinado;
  • Compra de casa própria;
  • Saque-aniversário.

Você Pode Gostar Também:

Como consultar meu extrato do FGTS?

O procedimento de consulta ao extrato do FGTS é bem simples. Basta acessar o portal oficial da Caixa Econômica Federal, fazer o login e selecionar a opção de “FGTS”. Feito isto, clique em “Extrato completo” e confira a movimentação da conta.

Sobre a empresa Express CTB

A Express CTB é uma accountech, ou seja, uma empresa de contabilidade virtual que tem como objetivo democratizar soluções empresariais para negócios. Ela oferece serviços que auxiliam na legalização de empresas, certificações digitais, impostos, finanças, assuntos jurídicos, departamentos de contas, entre outros.

Além disso, cada procedimento pode ser realizado em poucos minutos, com tecnologia e consultoria especializada.

Veja também: Nova reforma trabalhista sem 13° salário, FGTS e férias; entenda

Leia Também:

Está “bombando” na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br

Fonte: Notícias Concursos