Figueirense-SC 2 x 0 Paraná-PR – Figueira se reabilita na Série C e afunda Tricolor na zona de rebaixamento


Florianópolis, SC, 16 (AFI) – Apenas uma partida fechou as disputas da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C na noite desta segunda-feira (16). Jogando no Estádio Orlando Scarpelli, o Figueirense-SC fez jus ao fator casa para se reabilitar dentro do Grupo B ao bater o Paraná-PR, pelo placar de 2 a 0. Rodrigo Bassani e Andrew, um em cada tempo, marcaram os gols do duelo que afundaram o adversário ainda mais na zona de rebaixamento.

Com o resultado, o Figueirense chegou aos 16 pontos, mas seguiu na sétima colocação, porém viu a diferença para o G4 diminuir. Agora é de cinco pontos, já que o Ituano, quarto colocado tem 21. Já o Paraná vive um momento totalmente diferente dentro da tabela. Sem vencer há cinco jogos, o time paranaense está na nona e penúltima posição na tabela, dentro do Z2, com apenas nove pontos.

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou bastante movimentada, com as duas equipes trocando passes no meio-campo e buscando chegar com perigo ao gol adversária. A primeira chance clara aconteceu logo aos dois minutos, dos lados do Paraná, quando Reis encontrou Sillas invadindo a área e bateu cruzado, mas a bola pegou efeito e acabou explodindo no travessão.

Do outro lado, a resposta do Figueirense veio em forma de gol. Aos 21 minutos, após cruzamento de Renan Luis, Rodrigo Bassini se antecipou aos zagueiros e sem precisar pular, cabeceou no cantinho, sem chances para o goleiro adversário. Minutos depois, aos 26, foi a vez do camisa 10 cruzar e André Krobel chegar de carrinho, mas a bola acabou indo para fora. Por isso, o primeiro tempo terminou com os donos da casa em vantagem.

SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o Paraná até exerceu uma reação nos primeiros minutos do segundo tempo, mas foi o Figueirense que voltou a balanças às redes e ampliou o placar. Aos nove minutos, André Krobel cruzou rasteiro, Diego Tavares foi tentar finalizar, mas furou e a bola sobrou limpa para Andrew que chegou chutando firme para o fundo das redes, livre de marcação.

A partir daí, o ritmo da partida caiu um pouco e o jogo só voltou a esquentar nos minutos finais. A melhor chance do Paraná veio aos 40, quando Lucas Sene bateu forte de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e quase atrapalhou Rodolfo Castro, que se recuperou e conseguiu espalmar para fora. Até por conta disso, o placar terminou mesmo com a vitória do Figueirense por 2 a 0.


Fonte: Futebol Interior