Gabriel Medina se pronuncia sobre ainda não ter se vacinado contra covid-19: ‘Foi um erro’



Após o público da internet se revoltar com a revelação de que Gabriel Medina não tomou a vacina contra a Covid-19, o surfista brasileiro se pronunciou sobre o ocorrido através de suas redes sociais. Fora de uma etapa do mundial devido a falta do imunizante, Medina disse que não se vacinar “foi um erro”.

“Vacina salva vidas, galera! Foi um erro meu eu não ter conseguido encaixar a imunização na minha agenda de treinos pros desafios desse ano, focado no Campeonato Mundial. Mas em breve tomarei a minha”, escreveu ele em uma publicação compartilhada em sua conta do Twitter.

O próprio atleta revelou em uma live que a vacina era o motivo que iria deixá-lo de fora da etapa do Mundial de Surfe em Teahupoo, no Taiti, disputada entre 4 de agosto e 3 de setembro. O público ficou decepcionado com a atitude do surfista, rincipalmente pelo fato de que, como participante dos Jogos Olímpicos de Tóquio, ele tinha direito a receber o imunizante. O Comitê Olímpico do Brasil (COB) disponibilizou as doses para todos os envolvidos antes do início do evento.

Além de críticas a Medina, as redes sociais foram tomadas por uma pressão do público com um de seus patrocinadores, o Banco Bradesco. A instituição foi marcada em diversos comentários que pediam uma posição da marca e contestavam o apoio a um atleta que ficou com a imagem manchada.





Fonte: iBahia