Juventude aceita proposta da Europa por lateral, mas Coritiba faz jogo duro


Caxias do Sul, RS, 08 (AFI) – Visando futura recompensa financeira, o Juventude recebeu proposta e deu sinal positivo para a venda do lateral-direito Igor para o Portimonense, da Primeira Divisão de Portugal. O problema é que o Coritiba faz jogo duro e pode ‘melar’ a negociação.

Igor pertence ao Juventude, mas está emprestado ao Coritiba até o final do ano. No contrato de empréstimo não consta nenhuma cláusula de que o time paranaense é obrigador a liberar o jogador em caso de proposta de transferência, dificultando a conclusão do negócio pelos gaúchos.

O Juventude não receberia nenhum valor pela transferência, mas ficaria com 20% de eventual futura transferência de Igor do Portimonense para outra equipe. E essa porcentagem, apesar de incerta, é vista com bons olhos para que o clube possa ser recompensado futuramente.

Além do Juventude, Igor e seu empresário também sinalizaram como importante a transferência para o futebol europeu. Nesta história toda, apenas o Coritiba é que ‘torceu o nariz’, alegando que o jogador, apesar de reserva, é peça importante no elenco que busca o acesso na Série B.

O lateral tem 23 anos e foi revelado na base do Auto Esporte, da Paraíba. Ainda jovem foi jogar na base de Corinthians e Náutico. Em 2020 chegou ao Juventude, mas acabou perdendo espaço e sendo colocado na lista de empréstimo.

Resta saber como será o desfecho desta negociação e se o Coritiba receberá alguma recompensa pelo término antecipado do empréstimo.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior