Palmeiras x Athletico – Quem vai encerrar a má fase?


São Paulo, SP, 28 (AFI) – Em seu último compromisso de agosto, o Palmeiras recebe o Athletico-PR neste sábado, às 21h, no Allianz, disposto a sacramentar o fim de uma sequência de derrotas que custou a perda da liderança no torneio. Nos três jogos que realizou neste mês pelo Brasileiro, a equipe de Abel Ferreira não somou um ponto sequer e, de líder isolado, hoje ocupa a segunda colocação, a seis pontos do líder Atlético-MG.

A má fase de agosto teve início com o Fortaleza que, no dia 7, veio a São Paulo e venceu o time palmeirense por 3 a 2. Depois, no dia 14, o time voltou a perder, desta vez, para o Atlético-MG, fora de casa (2 a 0). Mas a maior surpresa aconteceu no sábado passado (21/8) com a derrota por 2 a 0 para o Cuiabá em pleno Allianz.

O Athletico vem de derrota para o Corinthians, por 1 a 0, no Brasileirão. O time paranaense está na nona colocação, com 23 pontos, sete do Grêmio, primeiro dentro da zona de rebaixamento.

COMO VEM O VERDÃO?

Disposto a retomar essa fase, o técnico Abel Ferreira intensificou os treinamentos nesta semana para recolocar o time novamente no caminho das vitórias. No trabalho tático, o treinador português procurou ajustar o posicionamento da equipe e deu ênfase à finalização e também às jogadas de bola parada.

Palmeiras e Athletico se enfrentam neste sábado

“O Campeonato Brasileiro é muito equilibrado, mas temos um elenco de qualidade. Estamos trabalhando muito para acertar a equipe e buscar os nossos objetivos”, comentou o treinador português durante a semana.

A novidade no time para esta partida pode ser o aproveitamento de Patrick de Paula desde o início no lugar de Zé Rafael. Dudu e Raphael Veiga seguem na criação enquanto Wesley e Rony completam o setor ofensivo.

E O FURACÃO?

O técnico António Oliveira continuará rodando o elenco para evitar o desgaste com a sequência de jogos do Athletico na temporada. Por isso, a lógica é que o treinador poupe alguns de seus atletas do duelo. A exceção é o zagueiro Thiago Heleno, suspenso.

O defensor levou o vermelho diante do Corinthians e, por isso, não poderá entrar em campo. Já o volante Christian e o atacante Nikão deverão ser preservados, já que apresentaram desgaste físico. Caso isso aconteça, Léo Cittadini e Fernando Canesin iniciarão o duelo. Na zaga, Zé Ivaldo briga por posição com Lucas Fasson.

Por outro lado, o treinador poderá contar com Bissoli, que ficou de fora do jogo da Copa do Brasil. Ele entrará na vaga de Renato Kayzer, que, mesmo prestigiado, deverá seguir entre os suplentes, assim como Pedro Rocha.

“Dificilmente nós vamos ser campeões brasileiros. Essa é a realidade e temos que admitir. Não vamos nos apegar a desculpas. Mas as pessoas percebem que quando chegarmos a determinadas fases da competição não vamos abdicar dos nossos objetivos. Vim para o Athletico para ganhar títulos e vamos lutar com todas as nossas forças para que isso aconteça”, falou o treinador.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior