Paraná-PR 1 x 1 Ituano-SP – Galo desperdiça a chance de consolidar vaga no G4 da Série C


Curitiba, PR, 21 (AFI) – O Ituano desperdiçou a chance de se consolidar ainda mais no G4 do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. Na noite deste sábado, o time paulista só empatou com o Paraná, por 1 a 1, no Durival Britto, em Curitiba (PR), pela 13ª rodada da primeira fase.

Com o empate, o Ituano se manteve na quarta colocação, agora com 22 pontos. Caso vencesse chegaria aos 24 e ficaria com a mesma pontuação que o líder Novorizontino. Sem falar que abriria cinco pontos de diferença para o Botafogo, quinto colocado com 19 pontos e que jogará contra o Ypiranga, no domingo.

Já o Paraná permanece em situação delicada na tabela, ocupando apenas a penúltima posição, com dez pontos. Está a três pontos do São José, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

DUELO FOI LÁ E CÁ
O início de jogo foi bastante estudado e com o Ituano tentando aproveitar os espaços nos contra-ataques. Aos 14 minutos, João Victor cruzou na área e encontrou Fernandinho para cabecear rente ao travessão. Depois, no minuto seguinte, o mesmo Fernandinho voltou a chutar, novamente pela linha de fundo.

Só que o Paraná respondeu à altura e quase abriu o placar aos 16, quando Silas cruzou, Eberê dominou e Reis, dentro da área, acertou a trave, já com o goleiro Pegorari batido no lance. Foi a primeira grande oportunidade na partida, ainda truncada com muito toque de bola pelos dois times.

Um pouco mais incisivo no ataque, o Ituano abriu o placar aos 32 minutos. Mário Sérgio cruzou da esquerda, Gerson Magrão cabeceou e Bruno Grassi defendeu. Porém, o goleiro deu rebote e o mesmo Gerson Magrão completou para as redes, colocando o time paulista em vantagem na capital paranaense.

Mas o Ituano não conseguiu segurar a vantagem e levou o empate aos 43. Silas recebeu na esquerda e cruzou na área. Moisés Gaúcho apareceu entre os zagueiros e, sozinho, testou no contrapé do goleiro.

Momento em que Gerson Magrão finaliza para abrir o placar para o Ituano. (Crédito: Miguel Schincariol).

EMPATE MANTIDO NO SEGUNDO TEMPO
O empate animou o Paraná, que voltou para o segundo tempo pressionando o Ituano. Aos seis minutos, Alex Murici arriscou de longe, a bola quicou no gramado e quase enganou o goleiro Pegorari, que mandou para escanteio. No ataque, o Tricolor voltou a chegar com perigo aos nove, desta vez em finalização de Reis rente à trave.

O Ituano superou a pressão inicial e conseguiu sair mais para o jogo no segundo tempo. Tanto que aos 13 minutos, Fernandinho chutou de longe e Bruno Grassi caiu no canto para defender. Seis minutos depois o centroavante Tiago Marques também tentou deixar sua marca, mas também parou no goleiro paranista.

Daí em diante o confronto ficou bastante truncado no meio-campo. Os dois times perderam a intensidade com a bola nos pés. Na última chance da partida, aos 46, Gerson Magrão cobrou falta, Bernardo cabeceou no ângulo e o goleiro Bruno Grassi fez um verdadeiro milagre, mantendo o empate no placar.

PRÓXIMOS JOGOS
O Paraná volta a campo no domingo para enfrentar o São José, às 18 horas, no Francisco Novelletto, em Porto Alegre (RS). Já o Ituano jogará no sábado diante do Mirassol, às 21 horas, Novelli Júnior, em Itu (SP).

Confira também:





Fonte: Futebol Interior