21.2 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Paraná-PR x Ituano-SP – Chance de ouro para o Galo voltar a bicar


Curitiba, PR, 20 (AFI) – O Ituano-SP tem uma ótima oportunidade de se reestabelecer no Campeonato Brasileiro Série C. O Galo visita, no Durival Britto, às 19 horas do sábado, o Paraná-PR, pela 13ª rodada. Os donos da casa convivem com uma crise dentro e fora dos gramados e, em tese, são presas fáceis.

O Paraná é o vice-lanterna (9°) com apenas nove pontos, a três do último colocado Oeste-SP e do oitavo São José-RS. O Ituano aparece na parte de cima da tabela e abre o G4 com 21 pontos. Dois de distância para o líder Ypiranga-RS e para o quinto Botafogo-SP.

SE PERDER, É CRISE EM ITU?

O Ituano empatou as últimas duas partidas. Primeiro, foi a Novo Horizonte para um confronto direto e saiu com um ponto no duelo sem gols. Em seguida, e aí está o “problema”, recebeu o São José-RS e, após abrir 2 a 0, viu o adversário igualar.

Para quem briga pelo acesso à Série B, difícil não se irritar pelo tropeço. A sorte, na teoria, é que o caminho das vitórias está próximo de ser reencontrado. O Paraná, além do rendimento em campo, passa por uma crise nos bastidores.

Os jogadores do time, inclusive, fizeram greve, no treino da quinta-feira, por conta do atraso nos salários. O gerente de futebol pediu demissão na sexta. Falta dinheiro e o Paraná sofre com dívidas trabalhistas, que não foram solucionados pelo “parceiro” FDA Sports.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

O treinador Silvio Criciúma tem apenas uma ausência, porém, bastante importante. O zagueiro Jonathan Costa recebeu o terceiro amarelo na derrota para o Figueirense-SC por 2 a 0 e está fora.

Quem pode entrar na vaga é o volante Moisés Gaúcho, que está de volta após cumprir suspensão, e seria improvisado, ou o jovem Léo Patternon, de 21 anos. No meio e ataque, pode haver mudanças em busca de, enfim, melhorar o time, mas nada é certo.

Mazola Júnior tem o retorno de algumas peças e deve voltar com o time titular das rodadas anteriores. O comandante pode mexer no meio-campo e ataque, onde reveza alguns jogadores, e ainda manter Gérson Magrão, desde o início.

O experiente reforço aproveitou os desfalques no empate em 2 a 2 contra o São José e começou entre os 11 iniciais, porém, é mais provável que Gérson seja reserva.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior