Paysandu-PA x Jacuipense-BA – Visitante ‘chato’ pode atrapalhar planos do Papão


Belém, PA, 13 (AFI) – Na noite de sábado, às 19 horas, o Paysandu-PA recebe, na Curuzu, o Jacuipense-BA, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C. O Papão quase assumiu a liderança, na última partida, e busca se reestabelecer entre os primeiros colocados contra o “chato” Jacupa.

O Paysandu está na sexta posição com 16 pontos do Grupo A, um atrás do pelotão 17, que conta com Ferroviário-CE, Volta Redonda-RJ, Tombense-MG e Manaus-AM. O líder tem 19 e alcançou o topo justamente ao vencer o Paysandu.

A briga do Jacuipense é mais embaixo. O time está na vice-lanterna (9°) com 10 pontos. Apenas um de distância para o Floresta-CE, na oitava colocação. O Altos-PI também está nesta briga com 13. Os últimos dois do Grupo caem para a Série D.

Ô TIME CHATO

O Paysandu poderia comemorar pelo adversário não vencer há cinco rodadas, porém, não é bem assim. O Jacuipense empatou quatro e perdeu apenas uma contra o Tombense, por 3 a 0, na 11ª rodada.

O time de Luizinho Lopes, então, apesar de não triunfar, sempre complica. Contra Volta Redonda e Botafogo, a igualdade foi sem gols, com o Altos-PI, 1 a 1 e, antes do tropeço, em 2 a 2 com o Floresta.

Papão precisará tomar cuidado e batalhar para bater o Jacuipense, que abre a zona de rebaixamento. Um empate até ajuda na classificação, mas em uma tabela tão disputada, pode não ser o suficiente.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Roberto Fonseca deve promover mudanças entre os titulares, com direito a estreia na lateral-direita. O recém-contratado Leandro Silva é o mais cotado para entrar na vaga de Marcelo, suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

No meio de campo, Ratinho retorna de suspensão e a tendência é que ele seja escaldo no lugar de Jhonnatan ou Marino, que brigam por uma posição. À frente, também pode ter alteração com a possível entrada de Rafael Grampola e não Thiago Santos.

O Jacuipense de Luizinho Lopes, provavelmente, será idêntico ao da última rodada, quando perdeu para o Tombense. O experiente Thiago Alves continua no miolo da defesa e a única dúvida é na faixa central. Renato Henrique e Dedeco disputam para fazer o trio ao lado de Chares e Dionísio.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior