Rio Branco-ES 0 x 3 Rio Branco VN-ES – Eficiência nas bolas paradas garante vitória no clássico Capixaba


Cariacica, ES, 08 (AFI) – O clássico Capixaba pelo Campeonato Brasileiro Série D, no Kleber Andrade, neste sábado acabou com vitória dos visitantes. O Rio Branco VN-ES bateu o Rio Branco-ES por 3 a 0 em três faltas laterais. Os mandantes tiveram mais a posse, só que não foram eficientes. Waschington, duas vezes, e Rafael Oliza colocaram a bola para dentro.

O Rio Branco-ES estaciona na sexta colocação do Grupo A6 com nove pontos e se afasta da zona de classificação. Já são sete de distância; O Rio Branco VN chega aos mesmos 16 pontos do Uberlândia-MG, mas ultrapassa pela vantagem no saldo de gols (6 contra 4) e assume a terceira colocação.

FALTOU EFICIÊNCIA

Os donos da casa começaram melhor no clássico Capixaba. O Rio Branco de Capa Preta, apesar de não levar tanto perigo, chegou mais ao ataque. Na hora de concluir, porém, não teve sucesso. O Rio Branco Polenteiro teve.

Aos 25 minutos, Waschington cobrou falta lateral pela esquerda. O atacante surpreendeu e chutou na primeira trave. A bola passou pelos defensores e atrapalhou o goleiro André Zuba, que não defendeu.

Os visitantes quase ampliaram, em seguida. A defesa do Capa Preta bobeou e Montaño saiu em contra-ataque no dois contra um. Ele rolou para Canário e o meio-campista, dentro da área, finalizou em cima de André Zuba.

Os mandantes seguiram com mais presença ofensiva até o fim da primeira etapa. O problema na conclusão de jogadas também e, por isso, o Rio Branco VN foi aos vestiários à frente.

FALTAS LATERAIS DECIDEM

Na volta do intervalo, o Rio Branco de Capa Preta transformou o volume em perigo. Giovane Perim precisou trabalhar em duas oportunidades. Na primeira, Gil Mineiro recebeu ótimo lançamento pela direita de Vinicius e cruzou rasteiro.

Marcos Vinicius, livre na área, chutou e o goleiro do Rio Branco Polenteiro fez grande defesa. Na segunda, Giovane pulou, mas contou com a trave para evitar o gol. Edinho cobrou a falta e, quando a bola passou pelo arqueiro, explodiu no poste.

O tempo passou, porém, e os donos da casa não marcaram. Eis que os visitantes têm duas novas falta pelas laterais, aos 36 e aos 44 minutos. Na direita, Neto, que acabara de entrar, bateu forte para o meio de área e o zagueiro capitão Rafael Olioza completa. 2 a 0.

Na esquerda, Waschington fez o segundo dele e fechou a contagem. O atacante levantou em direção à área, mas ninguém encostou na bola, que morreu no fundo das redes. Minutos antes dos dois gols, o treinador Carlo Roy foi expulso, por reclamar com o árbitro.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

 O Rio Branco de Capa Preta volta a campo contra o líder Ferroviária-SP, no sábado (14), às 17 horas, na Fonte Luminosa. O Rio Branco Polenteiro joga em casa, no Olímpico Perim, às 15 horas do domingo, contra o Águia Negra-MS.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior