Seleção FI da 13ª rodada da Série C tem técnico com melhor campanha e defesa forte


Campinas, SP, 23 (AFI) – Com o passar das rodadas, as brigas pela classificação para a segunda fase e contra o rebaixamento ficam cada vez mais aquecidas no Campeonato Brasileiro da Série C. Prova disso, é que a Seleção FI da 13ª rodada chega bastante eclética, com times da parte de cima e debaixo da tabela.

Sem dúvidas, o grande destaque fica para o comandante desta ‘verdadeira máquina de futebol’, já que o escolhido foi Júnior Rocha. Além de ter vencido o Botafogo-SP fora de casa, ele ajudou o Ypiranga-RS a se manter na liderança do Grupo B e com a melhor campanha entre todos os times da primeira fase, com 23 pontos somados em 13 jogos.

A defesa também chega fortalecida. Apesar de não ter um lateral-esquerdo entre os melhores da rodada, a defesa chega com três zagueiros, que foram primordiais para os bons resultados de duas equipes: Moisés Gaúcho do Paraná, Marcelo Scalese do Criciúma e Alisson do Floresta-CE. Já o ataque é formado por Quirino, do Ypiranga, Marcão, também do Criciúma e Pipico, do Santa Cruz.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 13ª RODADA DA SÉRIE C:
Fábio Rampi (São José-RS);
Marcelo (Paysandu-PA), Moisés Gaúcho (Paraná-PR), Marcelo Scalese (Criciúma-SC) e Alisson (Floresta-CE);
Gilson Alves (Manaus-AM), Gerson Magrão (Ituano-SP) e Jeremias (Jacuipense-BA);
Quirino (Ypiranga-RS) e Marcão (Criciúma-SC) e Pipico (Santa Cruz-PE).
Técnico: Junior Rocha (Ypiranga-RS).

Na abertura da rodada, o Floresta venceu o Botafogo-PB por 2 a 1

CONFIRA A ATUAÇÃO DE CADA JOGADOR:
Goleiro:
Fábio Rampi (São José-RS) –
Fábio Rampi foi o grande responsável pelo empate entre São José e Novorizontino por 1 a 1. O goleiro fez grandes defesas, inclusive uma na bicicleta de Lepo e ainda decretou a igualdade já no segundo tempo. Tem personalidade.

Lateral-direito:
Marcelo (Paysandu-PA) –
Entrou no segundo tempo para mudar o panorama do jogo. Fortaleceu a marcação do Papão e ainda iniciou a reação em uma bela cobrança de falta. Foi o diferencial no empate por 2 a 2 com o Volta Redonda na noite deste domingo.

Zagueiro:
Moisés Gaúcho (Paraná-PR) –
Foi de Moisés Gaúcho o gol do Paraná no empate com o Ituano, por 1 a 1, em Curitiba. No final do primeiro tempo, ele foi ao ataque e aproveitou cruzamento para testar no contrapé de Pegorari. Durante os 90 minutos teve trabalho com o forte sistema ofensivo do Ituano.

Zagueiro:
Marcelo Scalese (Criciúma-SC) –
O Criciúma venceu pela sétima vez seguida em casa e segue na parte de cima na classificação do Grupo B. Na vitória sobre o Oeste, por 3 a 1, o sistema defensivo esteve muito bem liderado por Marcel Scalese, que não deu brechas para os jogadores adversários. O gol do time paulista aos 46 do segundo tempo não apaga a boa atuação.

Zagueiro:
Alisson (Floresta-CE) –
O esquema com três zagueiros do Floresta funcionou e o sistema defensivo anulou o ataque do Botafogo-PB na última sexta-feira. Alisson está na Seleção FI, mas poderia ser Maílson ou Fábio Alves que estaria tudo certo. Os três jogaram uma enormidade. Alisson fez o primeiro gol do Floresta de cabeça e por isso está escalado.

Volante:
Gilson Alves (Manaus-AM) –
O Manaus está com tudo na Série C desde a chegada do técnico Evaristo Piza. E no sábado o time manauara fez mais uma vítima, desta vez o Altos, por 2 a 0, em casa. O primeiro gol do jogo foi de Gilson Alves, após receber na entrada da área e chutar com força, sem chances de defesa para Mondragon. É homem de confiança da comissão técnica alviverde.

Meia:
Gerson Magrão (Ituano-SP) –
O experiente meia marcou seu primeiro gol a camisa do Ituano no final de semana, no empate com o Paraná, por 1 a 1, em Curitiba. Contratado após indicação de Mazola Júnior, tem dado conta do recado e será importante ao Galo na briga pelo tão sonhado acesso na Série C.

Meia:

Jeremias (Jacuipense-BA) – Apesar de ter saído atrás no placar, o Jacuipense-BA não abaixou a cabeça e conseguiu somar um ponto no duelo direto contra o Santa Cruz, ao empatar por 1 a 1. Depois de sair do banco de reservas ainda no primeiro tempo, o meia Jeremias foi ‘o cara’ do jogo’. Foi dos pés dele que saiu o gol de empate e foi ele quem mudou o destino da partida.

Em duelo movimentado, Volta Redonda-RJ e Paysandu-PA empataram por 2 a 2

Atacante:
Quirino (Ypiranga-RS) –
Mais uma vez mostrou seu faro de artilheiro nesta Série C e ajudou O Canarinho levar mais três pontos para casa. Autor do gol da virada contra o Botafogo, Quirino se isolou na artilharia da competição com oito gols.

Atacante:
Marcão (Criciúma-SC) –
Experiente, Marcão foi ‘o cara’ do Criciúma na vitória sobre o Oeste, por 3 a 1, em Criciúma. O atacante fez dois dos três gols do Tigre, que segue na parte de cima da tabela e animado para buscar a classificação à segunda fase da Série C.

Atacante:
Pipico (Santa Cruz-PE) –
Lutando com todas as suas forças contra o rebaixamento, o Santa Cruz fez um bom jogo diante do Jacuipense-BA e até saiu na frente, mas não segurou a pressão e levou o empate na segunda etapa. De qualquer forma, o principal destaque da Cobra Coral foi o atacante Pipico, autor do único gol. Sempre mostrando oportunismo, ele estava na ‘hora certa, no lugar’ certo para colocar a bola nas redes. Incomodou a defesa adversária durante todo o tempo.

Técnico:
Junior Rocha (Ypiranga-RS) –
Venceu novamente o Botafogo-SP – havia vencido no primeiro turno por 3 a 0 em casa – e nesta reta final da Série C foi a Ribeirão Preto e de virada fez 2 a 1 e mantém a melhor campanha na Série C, com melhor ataque são 20 gols e líder do Grupo B com 26 pontos.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior