Seleção FI da 16ª rodada do Brasileirão com goleirão do Santos e trio destaque do líder Atlético-MG


Campinas, SP, 16 (AFI) – Foi encerrada na noite desta segunda-feira a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. E, como de costume, o PORTAL FI apresenta a Seleção da Rodada com os melhores em campo. Nesta semana, os destaques são o goleiro do Santos e o trio de jogadores do líder Atlético-MG, mais líder do que nunca da competição.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 16ª RODADA:

Goleiro João Paulo (Santos)
Aos 48 minutos do segundo tempo defendeu pênalti cobrado por Lucas Crispim e garantiu o empate em 1 a 1 com o Fortaleza. A defesa do pênalti coroa a boa temporada do goleiro santista.

João Paulo defendeu pênalti e ajudou o Santos a empatar com o Fortaleza fora de casa

Lateral-direito: João Lucas (Cuiabá)
Toda a defesa do Cuiabá fez uma boa atuação na vitória por 1 a 0 em cima do Athletico-PR, que fez com que a equipe se reabilitasse após ficar três jogos sem vencer. Porém, o maior destaque foi o lateral-direito João Lucas que foi muito participativo durante todo o jogo, sendo preciso nos desarmes. Também mostrou presença no ataque.

Zagueiro: Eduardo Bauermann (América-MG)

O América-MG foi ligeiramente melhor que a Chapecoense, mas só empatou por 1 a 1, na Arena Condá. Um dos melhores do time mineiro foi o zagueiro Eduardo Bauermann, que até chegou a balançar as redes, mas teve seu gol anulado por posição irregular. Deixou o gramado com atuação segura e colaborando na conquista deste ponto em território catarinense.

Zagueiro: Rafael Forster (Juventude)
O Juventude conquistou uma importante vitória sobre o Red Bull Bragantino, por 2 a 1, no interior de São Paulo. E os três pontos foram suados, pois os gaúchos sairam atrás no placar e souberam controlar o adversário para se recuperar em campo. Vitória que mantém o Ju fora da zona de rebaixamento.

Lateral-esquerdo: Guilherme Arana (Atlético-MG)
Na importante partida de líderes diante do Palmeiras, Arana foi fundamental para o Galo sair vitorioso por 2 a 0. Conhecido pela força ofensiva, Arana deu as duas assistências para os gols de Savarino. A fase está mesmo boa: campeão olímpico, convocado para a seleção principal e garçom em jogo importante.

Arana é um dos destaques do Atlético-MG na temporada 2021

Volante: Éderson (Fortaleza)
A cada jogo se firma cada vez mais no Fortaleza. Joga com tranquilidade, dá segurança defensiva e ainda aparece no ataque como elemento surpresa. Contra o Santos, fez mais uma partida segura.

Volante: Jair (Atlético-MG)
O jogo foi especial para Jair, que completou 100 partidas com a camisa do Galo. Sem muita liberdade para subir ao ataque, precisou focar na marcação e simplesmente não deu espaço para o setor criativo do Palmeiras.

Volante: Edenilson (Internacional)
É o principal jogador colorado na temporada e mais uma vez mostrou a sua importância no último sábado, na vitória sobre o Fluminense, por 4 a 2. Como se fosse centroavante, Edenilson marcou dois gols de cabeça após cruzamentos de Cuesta. São oito bolas nas redes neste Brasileirão. Não é a toa que vem recebendo sondagens do exterior.

Edenílson comemora gol pela camisa do Inter sobre o Fluminense

Atacante: Savarino (Atlético-MG)
É verdade que não fez um primeiro muito bom, mas demonstrou faro de gol ao se posicionar muito bem e acreditar até o fim nas jogadas. Recebeu dois bons passes de Arana e completou dentro da pequena área para garantir a vitória do Galo, cada vez mais líder.

Atacante: Adson (Corinthians)
Marcou o primeiro e o segundo gol do Corinthians na vitória contra o Ceará. No segundo, mostrou bom posicionamento e ótima finalização. Ainda teve chance de marcar o terceiro, mas perdeu. Nada que desabone sua boa atuação, jogando com liberdade e bastante movimentação.

Adson foi ‘o cara’ na vitória do Corinthians sobre o Ceará

Atacante: Clayson (Cuiabá)
Mostrando bastante lucidez dentro de campo, aprontando com dribles e arrancadas, o atacante Clayson foi o melhor jogador do duelo entre Cuiabá e Athletico-PR. Além disso, marcou um bonito gol – o único da partida-, ao aproveitar um rebote, limpar o zagueiro e bater cruzado, sem chances para o campeão olímpico Santos.

Técnico: Cuca (Atlético-MG)
Venceu o jogo mais importante da rodada e disparou na liderança. O Palmeiras jogou com um a menos desde o fim do primeiro tempo, mas isso poderia ser até mesmo um empecilho para alguns times. O Galo não mudou a forma de jogar, continuou ofensivo e conseguiu furar a defesa paulista.

Confira também:





Fonte: Futebol Interior