Seleção FI da 19ª rodada da Série B com zaga experiente e atacante ‘algoz’ do Vasco


Campinas, SP, 19 (AFI) – A 19ª e última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro teve seu encerramento na noite desta quinta-feira. Como de costume, o Portal Futebol Interior selecionou os destaques dos jogos para formar a Seleção FI.

O time desta rodada foi desenhado no ofensivo 4-3-3 e tem como ponto forte o sistema defensivo pra lá de experiente. Foram indicados os zagueiros Henrique (Coritiba) e Gum (CRB), dupla rodada no futebol brasileiro e mundial e que acabou indo muito bem em seus jogos, merecendo um lugarzinho na Seleção.

O ataque também não deixa a desejar e foi definido com Alisson Safira (Londrina), Victor Andrade (Remo) e Copote (Avaí). O trio balançou as redes em jogos decisivos pela parte de baixo ou de cima da classificação. Foram de certa forma heróis com o apito final das partidas.

CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 19ª RODADA:

Goleiro: Lucas Frigeri (CSA)

O CSA venceu a terceira partida consecutiva, mas sofreu para fazer 1 a 0 no Brasil-RS, em Pelotas. O melhor do Azulão em campo foi Lucas Frigeri, com pelo menos três grandes defesas. E, quando não defendeu, contou com o travessão para não ser vazado. Uma noite inspirada do goleirão!

Lateral-direito: Alex Silva (Operário)
Tem muitas qualidades, inclusive, facilidade para chegar ao ataque e finalizar. Mas só teve uma chance no empate sem gols com o CRB. Fez tudo certo, mas a bola foi salva perto da linha de gol pelo zagueiro Gum. O lateral foi bem em Maceió.

Zagueiro: Gum (CRB)
É a experiência à serviço do Galo de Maceió. Nos momentos mais críticas, é o xerifão quem resolve. Acalmou os companheiros quando o time ficou com uma a menos após a expulsão boba de Pablo Dyego e depois evitou a derrota ao salvar, na pequena área, um chute de Alex Silva.

Gum mostrou que sua experiência ainda faz a diferença na ótima campanha do CRB

Zagueiro: Henrique (Coritiba)
O Coritiba não fez grande partida, mas venceu a Ponte Preta por 2 a 0 e se manteve na liderança da Série B. Um dos melhores em campo foi o experiente zagueiro Henrique, seguro durante os 90 minutos (tanto por baixo quanto pelo alto) e importante na caminhada do time paranaense pelo retorno à Série A.

Lateral-esquerdo: Hugo (Botafogo)
Chegou a ser dúvida para a partida em Campinas depois de ser substituído contra o Brasil de Pelotas. Sorte do Botafogo que foi para o duelo. Teve trabalho para segurar as investidas de Diogo Mateus, mas deu conta do recado e ainda fez lançamento perfeito para o gol de Rafael Navarro.

Volante: Val (Coritiba)
O Coritiba venceu a Ponte Preta por 2 a 0, no Couto Pereira, e garantiu o título simbólico do primeiro turno. E o primeiro gol saiu dos pés de Val, que arriscou a sorte de fora da área e contou com falha do goleiro Ivan para abrir o placar. Além de balançar as redes, o volante também foi muito bem defensivamente, bloqueando as investidas do time paulista.

Val sai para comemorar o primeiro gol do Coritiba sobre a Ponte Preta

Volante: Alex Ruan (Brusque)
O Brusque vacilou em casa e perdeu para o Goiás, por 1 a 0. Porém, os catarinenses mereciam mais sorte, pois criou oportunidades de balançar as redes. E algumas das chances saíram dos pés de Alex Ruan, que apesar de volante acabou chegando bastante ao ataque. Num dos lances, quase fez um gol de placa ao chapelar um adversário e finalizar para boa defesa de Tadeu.

Meia: Andrigo (Guarani)
É verdade que o Guarani não teve uma boa atuação contra o Botafogo, mas Andrigo foi um dos jogadores mais lúcidos em campo. O camisa 10 ainda marcou o gol de empate para o Bugre com uma cabeçada precisa no canto de Diego Loureiro.

Atacante: Alisson Safira (Londrina)
Bastante elogiado na transmissão do SporTV, o atacante foi o principal jogador do Londrina na ótima vitória sobre o Vasco, por 2 a 1, em São Januário. Safira foi bastante acionado no ataque e sofreu o pênalti no final do segundo tempo. Ele mesmo foi para a cobrança e balançou as redes, quebrando a série invicta do time carioca como mandante na Série B.

Alisson Safira foi o melhor jogador do Londrina na vitória sobre o Vasco, em São Januário

Atacante: Victor Andrade (Remo)
Victor Andrade tem apenas 25 anos, mas passou por grandes clubes como Santos, Benfica, Chapecoense e Goiás. Hoje no Remo, ele mostrou toda essa experiência para ter calma e saber o momento exato de dar o golpe final no Confiança. Foi dele o gol que encerrou o jejum de um mês sem vitória fora de casa. Victor Andrade marcou aos 49 minutos para fazer 2 a 1 para o Leão.

Atacante: Copete (Avaí)
Marcou o primeiro gol da vitória sobre o Sampaio Corrêa e participou do segundo gol. Além disso, foi o melhor do time, usando a velocidade, sendo insinuante e deixando em pavorosa a defesa da Bolivia Querida.

Técnico: Márcio Fernandes (Londrina)
É inegável que o Londrina vive outra realidade sob o comando de Márcio Fernandes. O time paranaense, que era dado como virtual rebaixado, tem realizado campanha de recuperação e atualmente ‘está na porta’ para deixar a zona de rebaixamento. Graças ao ótimo trabalho do experiente treinador, que foi essencial e teve visão para fazer substituições certeiras e que colaboraram com a vitória sobre o Vasco, por 2 a 1, em pleno São Januário.

Márcio Fernandes é um dos responsáveis pela campanha de recuperação do Londrina na Série B

Confira também:





Fonte: Futebol Interior